ESPAÇO ABERTO: Candidaturas com oligarquias apostam na força entre parentes

ESPAÇO ABERTO: Candidaturas com oligarquias apostam na força entre parentes

Foto: Divulgação

 

PARENTESCO
 
Este ano os eleitores de Rondônia vão se deparar com candidatos da mesma família pedindo votos para suas correntes partidárias. Três chapas majoritárias distintas terão irmãos, cunhados, sogro, genro, pai e filho na disputa.
 
PRESTÍGIO
 
Não conheço uma pessoa ligada a política em Rondônia que tenha falado positivamente sobre transferência de votos ou dado exemplo de parentes que tenham conseguido sucesso em eleição “casada”.
 
UNIÃO BRASIL
 
Na chapa à reeleição de Marcos Rocha, estão dois irmãos e o pai deles. O patriarca é suplente da filha que é candidata ao Senado, e o filho irá disputar uma vaga à Câmara Federal.
 
 
UNIÃO BRASIL 2
 
O grupo tem ainda um candidato a vice-governador, sobrinho de outro suplente ao Senado. Como todos, originalmente, são empresários, a expectativa é que o histórico empresarial faça diferença na hora da escolha pelo eleitor.
 
PODEMOS
 
Na chapa do deputado Leo Moraes também estão familiares entre si. O próprio Leo tem um irmão que irá concorrer à Assembleia Legislativa. Já o seu candidato ao Senado é pai de um candidato a deputado federal.
 
PP
 
No grupo do ex-senador Ivo Cassol, também estão parentes em primeiro grau, e parentes por afinidade, conforme classifica o artigo 1.595 do Código Civil.
 
PP 2
 
A irmã de Ivo Cassol é candidata ao Senado Federal, o marido dela é candidato a deputado estadual, e tem ainda um outro candidato a deputado federal que é genro do ex-Governador Cassol.
 
PDT/ CIDADANIA
 
Os candidatos ao Governo Daniel Pereira ( PDT) e Marcos Rogério ( PL ) não tem parentes disputando cargos nas próximas eleições.
 
MODERNIDADE
 
Programa de descarbonização da Energisa em Rondônia já desligou 12 usinas a óleo diesel no Estado. No segundo semestre será desligada a usina de Espigão do Oeste, fechando o planejamento da empresa.
 
 
BRASIL
 
No país, a Energisa projetou o desligamento de 19 termelétricas, treze delas instaladas em Rondônia. Além da melhoria considerável no fornecimento de energia, o meio ambiente também é um dos beneficiados com a iniciativa.
 
CO2
 
As usinas já desligadas evitaram a emissão de 240 mil toneladas ano de CO2 no meio ambiente. O impacto disso é impressionante.
 
REFLORESTAMENTO
 
Para filtrar, por exemplo, toda essa quantidade de CO2 jogada no ar, seria necessário plantar 13 milhões de árvores para equilibrar a atmosfera.
 
QUALIDADE
 
Em Machadinho D`Oeste, a nova subestação fez a qualidade da energia aumentar 89%, comparando o primeiro semestre de 2022 com 2019.
 
QUALIDADE 2
 
Em Buritis o aumento foi de 64%, comparando o mesmo período. Desde 2019 a cidade nunca mais precisou fazer racionamento e revezar a distribuição.
 
 
REGISTRO
 
O novo filme da Energisa mostra um resumo do projeto de substituição das usinas a óleo diesel e traz depoimentos pontuando os benefícios após os investimentos feitos pela empresa. Acompanhe a reportagem: 
 
 

 
ANTECIPAÇÃO
 
A Polícia Federal e o Departamento Penitenciário Nacional (Depen) deflagraram, ontem, uma operação contra grupo suspeito de planejar fugas de chefes de uma organização criminosa presos nas penitenciárias federais de Brasília e de Porto Velho.
FOTO PENINTENCIÁRIA FEDERAL DE PV
 
AÇÃO
 
A PF cumpriu 11 mandados de prisão preventiva e 13 mandados de busca e apreensão, no Distrito Federal; no Mato Grosso do Sul; e em São Paulo. 
 
LÍDER
 
Entre os alvos da operação estava a esposa do traficante Marcos Willians Herbas Camacho, o Marcola, que cumpre pena aqui em Porto Velho.
 
PLANEJAMENTO
 
Segundo a PF, além do provável resgate dos presos, a organização criminosa pretendia sequestrar autoridades para conseguir a soltura de criminosos, dentre outras ações.
 
OBJETIVO
 
Os alvos que já estavam presos antes da operação e que, segundo as investigações, seriam resgatados nos planos de fuga são:
 
Marcos Willians Herbas Camacho
 
Edmar dos Santos
 
Cláudio Barbará da Silva
 
Reinaldo Teixeira dos Santos
 
Valdeci Alves dos Santos
 
Esdras Augusto do Nascimento Júnior
 
 
OUTROS
 
Em Brasília, os alvos foram quatro advogadas dos detidos – três delas tiveram as prisões decretadas. Já no Mato Grosso do Sul, são dois alvos. Em São Paulo, pelo menos seis advogados são investigados na ação, além de parentes dos chefes da organização criminosa.
 
INTERMEDIAÇÃO
 
De acordo com a PF, o plano contava com uma rede de comunicação entre os presos e os suspeitos de estarem envolvidos no resgate. A troca de mensagens era mediada por advogados, segundo as investigações.
 
 
LINGUAGEM
 
Durante os atendimentos dos clientes, os defensores usavam códigos com situações jurídicas que não existiam de fato, apontam os investigadores. A Polícia Federal afirma ainda que, além dos resgates dos chefes do grupo, a organização criminosa pretendia sequestrar autoridades do Depen para exigir a soltura de criminosos.
 
OUTROS PLANOS
 
Em nota, o Departamento Penitenciário Nacional informou que os presos envolvidos ingressaram nos presídios federais em fevereiro de 2019, "justamente em decorrência da descoberta, pelas autoridades do estado de São Paulo, de plano de fuga que, à época, já estava em articulação por tais líderes, então custodiados na Penitenciária Estadual de Presidente Venceslau II".
 
INSISTÊNCIA
 
Ações de inteligência do Departamento Penitenciário Nacional detectaram que as tratativas persistiram mesmo após o ingresso no SPF. O Depen passou a compartilhar informações com a Polícia Federal.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

Mateus Coelho Alves

Fortbras Autopeças

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS