SEM TURISTAS: Cerca de 30% dos destinos continuam com as fronteiras fechadas

Ainda segundo a OMT, 42% dos destinos introduziram restrições específicas para os visitantes

SEM TURISTAS: Cerca de 30% dos destinos continuam com as fronteiras fechadas

Foto: ILUSTRATIVA

 

Dados da Organização Mundial do Turismo (OMT) revelam que o avanço global da vacinação e a adoção de um número crescente de soluções digitais para viajar com segurança devem resultar no aumento da mobilidade internacional nas próximas semanas e nos próximos meses. Desde 1º de junho, 29% dos destinos continuam com suas fronteiras totalmente fechadas ao turismo internacional, de acordo com o relatório.
 
 
O relatório indica ainda que a reativação do turismo mundial não atingirá sua plenitude enquanto os governos continuarem com recomendações cautelares.
 
Por um lado, mais da metade desses destinos estão fechados para turistas desde maio de 2020, ou até antes. Por outro lado, apenas três destinos (Albânia, Costa Rica e República Dominicana) estão totalmente abertos ao turista, sem qualquer tipo de restrição. Já um em cada três destinos (34%) mantém fechamentos parciais e 36% exigem um teste negativo para Covid-19 na chegada ao destino, em alguns casos, combinado com a exigência de quarentena.
 
Ainda segundo a OMT, 42% dos destinos introduziram restrições específicas para os visitantes provenientes de destinos com variantes preocupantes, desde a suspensão de voos e encerramento de fronteiras à quarentena obrigatória. Além disso, dado que a maioria dos destinos que adotaram as medidas mais rigorosas têm algumas das taxas de vacinação mais baixas, os dados também indicam que existe uma relação entre a rapidez da vacinação e a flexibilização das restrições.
 
As diferenças regionais nas restrições ainda persistem: 70% dos destinos da Ásia e Pacífico estão totalmente fechados, percentual bem superior aos 13% que mantêm o fechamento na Europa, além de 20% na América, 19% na África e 31% no Oriente Médio
 
As diferenças regionais nas restrições ainda persistem: 70% dos destinos da Ásia e Pacífico estão totalmente fechados, percentual bem superior aos 13% que mantêm o fechamento na Europa, além de 20% na América, 19% na África e 31% no Oriente Médio. Em relação aos requisitos atualmente exigidos aos passageiros vacinados, 17% dos destinos os mencionam expressamente em seus regulamentos.
 
O relatório indica ainda que a reativação do turismo mundial não atingirá sua plenitude enquanto os governos continuarem com recomendações cautelares. “Neste momento, quatro dos dez principais mercados de origem ainda aconselham seus cidadãos contra viagens não essenciais ao exterior, e deve-se levar em consideração que esses quatro mercados geraram 25% de todas as chegadas internacionais em 2018”, informou a OMT.
Direito ao esquecimento

Qual desses candidatos tem a sua preferência para o Governo de Rondônia?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública.

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS