BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

INVESTIGAÇÃO: Dinheiro que Lebrão colocou no saco seria para eleger sua filha deputada federal

A filha do deputado Lebrão está presa em Porto Velho (RO)

Rondoniaovivo - João Paulo Prudêncio

06 de Outubro de 2020 às 09:19

Atualizada em : 06 de Outubro de 2020 às 16:50

Foto: Divulgação

A operação Reciclagem, deflagrada pela Polícia Federal no final do mês de setembro, trouxe à tona em suas investigações meandros de como o dinheiro desviado do poder público podem servir para eleger políticos afundados em esquemas de corrupção. 
 
De acordo com a denúncia apresentada pela Polícia Federal o deputado estadual José Lebrão teria afirmado que a propina exigida por ele a um empresário no interior do Estado teria como finalidade eleger sua filha, Gislaine Lebrinha, para deputada federal no pleito de 2022.
 
Lebrão teria realizado essa afirmação em um restaurante, onde acertou o valor de R$ 1,5 milhão parcelados em 15 vezes, em troca de um contrato público com uma empresa do ramo do tratamento de lixo, tudo estava sendo gravado e monitorado pela PF. 
 
Prefeita de São Francisco do Guaporé reeleita com mais de 70% dos votos, a filha do deputado Lebrão está presa em Porto Velho (RO), onde aguarda a definição da Justiça. Esse fato pode ter degringolado com suas expectativas de chegar à Câmara Federal. 
 
Mesmo filmado, investigado e denunciado, Lebrão não teve seu pedido de prisão aceito pela Justiça de Rondônia, que acreditou que esse esquema deflagrado pela PF não tinha relações com a ALE/RO. 
 
Gozando do foro privilegiado,Lebrão, que protagonizou mais uma cena vexatória para a politica de Rondônia segue representando os rondonienses na Casa de Leis do Estado.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS