BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

NA QUARENTENA: Operação Hera prende 20 foragidos por crimes de violência doméstica em RO

A Operação Hera é uma das ações do Governo de Rondônia para responder aos crimes contra a mulher, que por sua repercussão e resultado será estendida em segunda fase

ASSESSORIA

26 de Junho de 2020 às 15:02

Foto: Divulgação

Pelo menos 20 foragidos da justiça, acusados de crimes sexuais e violência contra a mulher, foram presos nesta quinta-feira (25), em Porto Velho e no Interior, pela Operação Hera, deflagrada pela Polícia Judiciária Civil. Sob o comando da Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher (Deam), que está com 120 homens (agentes) nas ruas, estão sendo cumpridos 54 mandados de prisão preventiva em 11 municípios de Rondônia, incluindo a Capital.
 
De acordo com a delegada titular da Deam, Lucilene Pedroza, que comanda a operação, a justificativa para esta ação organizada da Polícia decorreu do aumento do índice de crimes de violência doméstica, cerca de 50%, durante a quarentena obrigatória, que chamou a atenção das autoridades estaduais do setor de segurança pública e do próprio governador Marcos Rocha, que orienta uma ação firme para enfrentar este problema e conter a disparada da violência dentro dos lares.
 
VEJA MAIS
 
Importa destacar, conforme dados da Deam, que a permanência de toda a família em casa imposta pela pandemia, aliada ao uso do álcool e outras drogas, são fatores que potencializam os riscos de crimes contra a mulher que precisa de uma proteção “divina”, e este é o ponto que justifica a ação da Polícia Judiciária Civil.
 
A delegada informou que se trata de uma operação completa, que reúne nas investigações agentes especializados da Deam, Delegacia de Polícia Interestadual (Polinter) e do Departamento de Polícia do Interior (DPI), tudo sob orientação e liderança do coronel José Hélio Pachá, secretário de Segurança Pública de Rondônia (Sesdec), para o cumprimento dos mandados de prisão preventiva expedidos pela Justiça, simultaneamente em Porto Velho, Cacoal, Espigão do Oeste, Guajará-Mirim, Ji-Paraná, Ouro Preto do Oeste, Rolim de Moura, Nova Brasilândia do Oeste, Vilhena, Colorado do Oeste e Cerejeiras, num total de 30 mandados na Capital e 24 no Interior.
 
A Operação Hera é uma das ações do Governo de Rondônia para responder aos crimes contra a mulher, que por sua repercussão e resultado será estendida em segunda fase, num período entre dois ou três meses, com igual efetivo para cumprir todos os mandados de prisão em aberto.
 
“Operação Hera”, segundo a Delegacia da Mulher, faz alusão a deusa grega protetora do casamento, da vida e da mulher que governava Olimpo ao lado do seu marido o Zeus.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS