BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

INVESTIGAÇÃO: Ex-namorado de miss pediu transferência quatro dias antes do crime

Polícia acredita que pedido de transferência para outro estado pode indicar premeditação

EM TEMPO

12 de Maio de 2020 às 15:58

Foto: Divulgação

EM TEMPO - Rafael Fernandez Rodrigues, desaparecido desde a morte da namorada Kimberly Mota, de 22 anos, havia cadastrado um pedido de permuta para transferência de local de trabalho na última sexta-feira (8). Servidor público do Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região (TRT11), a solicitação ocorreu quatro dias antes do corpo de Kimberly ser encontrado no apartamento dele, no Centro de Manaus.
 
VEJA MAIS
 
O homem atuava no cargo de Analista Judiciário desde outubro de 2017, e é o principal suspeito pelo assassinato da namorada.
 
O pedido foi cadastrado no site da Associação dos Servidores da Justiça do Trabalho (Anajustra), utilizado para negociar transferência entre os servidores dos TRTs. Na solicitação, Rafael justifica que a permuta seria por ‘’motivos familiares’’.
 
Com origem em Manaus, na 11º Região do TRT, o servidor solicitou transferência para unidades do Sul ou Sudeste, incluindo diversos estados como São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Paraná, Santa Catarina e Espírito Santo.
 
Vários questionamentos são levantados, um deles é se o crime foi premeditado, devido ao pedido de transferência do suspeito. A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) segue fazendo buscas para encontrar Rafael e desvendar o caso. 
 
Tribunal Regional de Trabalho
 
Em nota, o Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região – Amazonas e Roraima (TRT11), se manifestou sobre o assassinato e informou que está acompanhando os fatos atribuídos ao servidor Rafael Fernandez Rodrigues.
 
O órgão afirmou que acompanhará o desenrolar do caso para apuração dos fatos, e se solidariza com a família da jovem Kimberly Mota pela perda.
 
Entenda o caso
 
Kimberly Mota estava desaparecida desde o último domingo (10). O corpo da jovem foi encontrado, na madrugada desta terça-feira (12), no apartamento de Rafael, com quem mantinha um relacionamento de 2 meses. O rapaz é o principal suspeito do crime.
 
Kimberly Karen era conhecida por ter sido a vencedora do concurso de Miss Manicoré em 2019 e finalista no Miss Amazonas.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS