R$ 100 mil: Comerciantes são presos suspeitos de matar empresário

Os assassinos teriam filmado vítima ajoelhada antes de ser morta

R$ 100 mil: Comerciantes são presos suspeitos de matar empresário

Foto: Divulgação

 

Dois comerciantes foram presos na manhã desta segunda-feira, 19, na cidade de Pimenta Bueno, suspeitos de serem os mandantes da morte do empresário Vinícius Zoff da Cunha Santos. A vítima de 39 anos tinha uma empresa de terraplanagem e foi executada na chácara de sua mãe, quase dentro da zona urbana de Pimenta Bueno (LEMBRE AQUI).
 
O Folha do Sul Online conversou com uma irmã de Vinícius, que mora em Vilhena há oito anos e ela confirmou as prisões. A família acompanha o caso e já recebeu informações de que os dois suspeitos teriam se calado durante depoimento na Polícia Civil, dizendo que só falarão em juízo. Um atua no segmento de supermercados e o outro tem uma loja de móveis.
 
A irmã comentou o fato de as prisões terem sido feitas, um dia após a morte violenta do empresário completar um mês. “Se mandaram prender é porque existem provas”, disse a entrevistada, revelando que novos mandados podem ser cumpridos em outras cidades.
 
Embora as investigações corram em sigilo, o Folha do Sul Onlinerecebeu uma informação chocante: os assassinos de Vinícius teriam feito uma videochamada para os mandantes, antes de executá-lo. A filmagem mostraria a vítima dominada, já de joelhos, instantes antes de ser morta a tiros.
 
A entrevistada confirmou que os dois comerciantes suspeitos tinham dívidas com o irmão, e que esse pode ter sido o motivo do assassinato. Os dois tinha um débito de cerca de R$ 100 mil junto ao credor morto.
Direito ao esquecimento

Você já decidiu em quem votar para deputado(a) estadual, federal, senador(a) e presidente?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS