AÇÃO: Justiça cobra fiscalização ambiental no Distrito de Rolim de Moura do Guaporé

A Promotora justificou que solicitou o encontro por ter identificado que não há, atualmente, nenhum órgão de fiscalização presencial na região

AÇÃO: Justiça cobra fiscalização ambiental no Distrito de Rolim de Moura do Guaporé

Foto: Divulgação

A Promotora de Justiça de Alta Floresta do Oeste, Lucilla Soares Zanella, coordenou no dia 30/5 uma reunião virtual por meio da plataforma Microsoft Teams com o Coordenador de Fiscalização Ambiental da SEDAM, Marcos Trindade; o Comandante do Batalhão da Polícia Ambiental (PMA), Major Adenilson Silva Chagas, e o Tenente Lucas Simião Souza e a Presidente da Associação Ecológica dos rios Mequéns e Guaporé (ECOMEG).
 
A pauta da reunião foi relacionada às fiscalizações ambientais no Distrito de Rolim de Moura do Guaporé. A Promotora justificou que solicitou o encontro por ter identificado que não há, atualmente, nenhum órgão de fiscalização presencial na região para manter uma ação repressiva constante.
 
A respeito do referido pleito, o Coordenador de Fiscalização da SEDAM, Marcos Trindade, reconheceu que o Distrito de Rolim de Moura do Guaporé é uma área muito sensível na questão ambiental e que requer uma atenção especial de todos os órgãos de proteção, e complementou que a SEDAM está em processo de compra de 16 (dezesseis) embarcações fluviais, das quais 10 (dez) serão destinadas à Polícia Militar Ambiental de todo o Estado de Rondônia.
Direito ao esquecimento

Você acha que os escândalos do Governo Bolsonaro prejudicam a pré-candidatura à reeleição?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS