EM JI-PARANÁ: Denúncia anônima descreve possíveis crimes ambientais em área de preservação

O prestador das informações tirou fotos e até gravou imagens áreas na região usando um drone. Veja as alegações

EM JI-PARANÁ: Denúncia anônima descreve possíveis crimes ambientais em área de preservação

Foto: Divulgação

Uma denúncia anônima aportou as raias do Ministério Público de Rondônia (MP/RO) relatando minuciosamente supostos crimes ambientais praticados em área de preservação em Ji-Paraná.
 
Os relatos foram descritos em 24 páginas documentadas [veja a íntegra ao final da reportagem] com anexos de fotografias e também imagens aéreas da região realizadas com auxílio de um drone.
 
 
Usando uma linha do tempo com registros feitos pelo Google Earth desde 2005, a pessoa em questão traçou o perfil ligeiro da degradação dos buritizais até que restasse uma única palmeira na representação de 2018 e, logo mais, já em 2020, alcançando a degradação total, de acordo com a denúncia. A pessoa em comento sugere inclusive que essa degradação seria proposital e teria como pano de fundo interesses de ordem comercial.
 
Veja a íntegra da denúncia:

Galeria de Fotos da Notícia

EM JI-PARANÁ: Denúncia anônima descreve possíveis crimes ambientais em área de preservação

EM JI-PARANÁ: Denúncia anônima descreve possíveis crimes ambientais em área de preservação

EM JI-PARANÁ: Denúncia anônima descreve possíveis crimes ambientais em área de preservação

EM JI-PARANÁ: Denúncia anônima descreve possíveis crimes ambientais em área de preservação

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS