AUMENTO: Salário mínimo previsto na LDO será de R$ 1.502 em 2025

Valor representa aumento de 6,37% em relação aos atuais R$ 1.412

AUMENTO: Salário mínimo previsto na LDO será de R$ 1.502 em 2025

Foto: Reprodução

O projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), a ser apresentado pelo governo nesta segunda-feira (15), prevê um salário mínimo de R$ 1.502, um aumento de 6,37% em relação aos atuais R$ 1.412 . Este aumento segue a nova regra de valorização do salário mínimo, que considera o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) além da inflação. A informação é da coluna do jornalista Gerson Camarotti, do g1.
 
Além de projetar o valor do salário mínimo, o projeto da LDO estabelecerá a meta de déficit zero para 2025, em vez de um superávit, como previsto anteriormente.
 
A projeção do salário mínimo ainda pode ser ajustada se a inflação, até o final do ano, for maior ou menor do que o esperado. A LDO não só orienta a elaboração do Orçamento de 2025, mas também comunica ao mercado a visão do governo sobre a economia.
 
Até então, o governo esperava um superávit de 0,5% do PIB em 2025, o que implicaria em arrecadar mais do que gastar. No entanto, essa meta exigiria um grande esforço, o que poderia gerar desconfiança no mercado e no Congresso Nacional. A mudança na meta também afeta os anos seguintes, com previsões de superávit diminuindo gradualmente até 2028.
 
Essa previsão impacta diretamente a revisão do superávit anteriormente previsto. Além do salário mínimo, há pressão da área política do governo para flexibilizar a meta fiscal, permitindo um aumento nos gastos nos próximos anos. Manter um superávit de 0,5% do PIB em 2025 exigiria um esforço fiscal maior do país, resultando em redução nos gastos com políticas sociais e investimentos.
Direito ao esquecimento
Como você classifica a gestão da prefeita Valéria Garcia em Pimenteiras do Oeste?
Você é a favor do uso da linguagem neutra?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

CLASSIFICADOS veja mais

EMPREGOS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

DESTAQUES EMPRESARIAIS

EVENTOS