VILA PRINCESA: Fogo colocado no lixão de Porto Velho revolta moradores

O odor de plástico além de incomodar, também preocupa quanto a saúde de crianças que respiram o ar poluído

VILA PRINCESA: Fogo colocado no lixão de Porto Velho  revolta moradores

Foto: Divulgação

 

Moradores que residem próximos da Vila Princesa, localizado na BR-364 e próximo ao Campus da Unir em Porto Velho, reclamam que há mais de 30 dias tem sido colocado fogo na área do lixão. Isso acontece geralmente pela parte da noite e o mal cheiro tem incomodado. 
 
 
Eliel Medeiros, 42 anos, é reside há quatro anos em uma área chamada Recanto dos Passaros, que fica próximo à Vila Princesa. E ele contou que a família tem percebido o cheiro há cerca de 30 dias e que há 10 tem visto a fumaça saindo do local.
 
 
“É um cheiro muito forte de plástico e é sempre a noite. Eu não sei como os alunos da Unir não se incomodam com o odor” comenta.
 
 
O que preocupa o morador é como a fumaça pode afetar a saúde, principalmente do filho dele de 10 anos. Além, de outras crianças que moram ainda mais próximas ao lixão. 
 
 
Entramos em contato com a prefeitura de Porto Velho para saber se há algum tipo de fiscalização feito na área, mas até a finalização desta matéria, não tivemos resposta.
Direito ao esquecimento

Qual você acha que será o resultado do jogo entre Brasil e Suíça nesta segunda-feira (28)?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS