BANCO DA AMAZÔNIA: Mais de 90% dos recursos do FNO já foram contratados

Em pleno setembro, o Basa aplicou quase a totalidade dos Fundo Constitucional de Financiamento do Norte (FNO) disponibilizado para 2022

BANCO DA AMAZÔNIA: Mais de 90% dos recursos do FNO já foram contratados

Foto: Divulgação

 

Em mais de 24 mil contratos, o Banco da Amazônia (Basa) já aplicou mais de 90% dos recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Norte (FNO) destinado para o exercício de 2022 em 100% dos municípios da Região Norte. Foram R$ 9,6 bilhões aplicados no período de janeiro a agosto. O Banco suspendeu a partir deste mês as linhas de investimento para clientes com faturamento a partir de R$4,8 milhões por ano e operações de custeio e capital de giro para novos clientes acima deste porte.
 
Deste total aplicado, R$ 5,8 bilhões foram destinados aos mini e pequenos empreendedores rurais e urbanos, o valor de R$ 7,1 bilhões foram da linha de crédito FNO Verde e R$ 520,1 milhões foram contratados dentro de projetos amparados pelo Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf).
 
De acordo com o presidente Valdecir Tose, o Banco aplicou mais do que o ano passado todo. “É a primeira vez na história que os recursos do FNO foram aplicados antes do final do período. O FNO está no mercado. Não estão mais na tesouraria do Banco, estão com os empreendedores, com quem deve estar”, comemorou.
 
De janeiro a dezembro de 2021, o Banco financiou 22 mil contratos. Neste ano, até agosto, o Banco já financiou 24 mil operações. “A previsão é chegar ao final do ano e dobrar a quantidade de contratos financiados. Acredito que vamos chegar a 42 mil contratos”, afirmou Tose que completou informando que em comparação com 2021, houve um aumento de 208% nos projetos financiados com linhas verdes, que são voltadas para fomentar energia renovável, integração lavoura, pecuária, floresta, recuperação de áreas degradadas, sistemas agroflorestais, dentre outros projetos sustentáveis.
 
Segundo a Gerência de Planejamento do Basa, mais de 33% do volume global do FNO foi contratado em agosto de 2021 e mais de 91% foram direcionados a operações do Pronaf. A gerência também informou que mais de 45% dos recursos foram voltados para projetos de pequenos portes e R$ 6,5 bilhões foram aplicados nos municípios de baixa e média renda, priorizados pela Política Nacional de Desenvolvimento Regional (PNDR), equivalente a 33% dos municípios prioritários.
 
Os recursos ainda existentes serão destinados para operações do Pronaf, renovação de projetos de custeio, Pecuária Verde e Biodiversidade.
 
Para os grandes projetos do setor rural, o Basa disponibiliza linhas de crédito para a Região Norte da Letra de Crédito do Agronegócio (LCA), de recursos próprios, cédula de produto rural (CPR) e crédito comercial. Os interessados podem ter mais informações em www.bancoamazonia.com.br.
 
Direito ao esquecimento

Você já decidiu em quem votar para deputado(a) estadual, federal, senador(a) e presidente?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Clinica Maestria LTDA

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS