IGNORADA: Mulher reclama na demora em atendimento no Centro de Saúde Maurício Bustani

Ela afirmou que ninguém atendem os telefones ou o whatsapp disponíveis para a população

IGNORADA: Mulher reclama na demora em atendimento no Centro de Saúde Maurício Bustani

Foto: ILUSTRATIVA

A vida de quem depende de uma consulta, procedimento ou exame no Sistema Único de Saúde (SUS) não é fácil. São meses e meses na expectativa para resolver um de vários problemas. Em muitos casos, a espera resulta em morte.
 
É o caso de Maria Rosane, de 40 anos. Ela procurou o Rondoniaovivo para denunciar que vem sendo sistematicamente ignorada por funcionários do Centro de Saúde Maurício Bustani, localizado na Avenida Jorge Teixeira. 
 
Depois de muito tempo esperando uma consulta e enfim conseguir, na última terça-feira (26), ela precisou de uma autorização da unidade para poder encontrar o médico já na manhã da quinta-feira (30), pouco mais de dois dias depois.
 
“Demorou séculos e quando me ligaram, já marcaram para amanhã [quinta,30], ao lado da maternidade municipal. Só que disseram que eu tenho que ir a um posto pegar uma autorização pra ir nessa consulta. Se eu for 08 da manhã, vou perder mais de meia hora para alguém me atender. Então, eu estou ligando lá há 2 dias, ontem [terça] e hoje [quarta]”.
 
Segundo Rosane, os servidores não atendem as ligações nem respondem a um WhatsApp que seria utilizado para dar informações. 
 
 
“Tiram o telefone do gancho rapidamente ou desligam na nossa cara ou chama até cair. Tem esse WhatsApp que a gente pode pedir informações, mas ninguém responde. Simplesmente se fingem de mortos. Eu passo o dia no trabalho. Não posso simplesmente sair de casa, sem a certeza que terá alguém lá na regulação para me atender”, disse ela.
 
Outro lado

Quase três horas depois da publicação da matéria, às 11:29 da manhã, a Secretaria Municipal da Saúde (Semusa), mandou nota explicando que “a unidade de saúde Maurício Bustani oferece todo o suporte para que não falte o atendimento aos moradores que compareçam ao local”.

 

A Semusa apontou que “a linha telefônica e o WhatsApp funcionam em um mesmo aparelho, e infelizmente, pode acontecer alguns dias que não seja possível atender toda a demanda do município”. A unidade ressalta que existem horários específicos para agendamento:

 

- Agendamento para regulação

 

Só pode ser feito de forma presencial, das 7 às 12h. Pelo telefone, a unidade informa que entra em contato somente com quem já está regulado, das 7h às 10h.

 

- Agendamento para exames

 

O telefone (69) 98473-6062 fica disponível à população pela manhã, das 10h às 11h. Os pedidos que chegam são agendados para o dia seguinte. NÃO HÁ AGENDAMENTO PRESENCIAL. Mas, o usuário pode buscar a Gerência da Unidade para ter atendimento.

 

- Agendamento para consultas

 

Pelo mesmo telefone (69) 98473-6062, a unidade realiza o agendamento para atendimentos com clínico geral, dentista e enfermeiro. Também funciona com WhatsApp.

 

O telefone fica disponível à população à tarde, das 14h às 17h, para quem está agendado para o dia seguinte.

Direito ao esquecimento

Em qual supermercado você prefere fazer suas compras?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública.

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS