HISTÓRIA: Criação do Território Federal do Guaporé completa 78 anos

Área que hoje corresponde ao estado de Rondônia completa mais um ano

HISTÓRIA: Criação do Território Federal do Guaporé completa 78 anos

Foto: Divulgação

Um discurso no Congresso Nacional marcou a data. O responsável foi o então deputado federal, o médico Renato Clímaco Borralho de Medeiros, representante do Território. O presidente Getúlio Vargas criou os Territórios Federais, entre eles, o do Guaporé. 
 
Isso aconteceu após o desmembramento da área do estado do Amazonas e do Mato Grosso, ocorrido em 13 de setembro de 1943. O nome antigo era uma referência ao Rio Guaporé, que divide o Brasil e a Bolívia.
 
Em 1944 houve um reordenamento territorial. Um dos seus municípios à época, Lábrea, e toda a região a que este pertence e suas adjacências foi transferida para o Amazonas.
 
A Lei Ordinária nº 2731, de 17 de fevereiro de 1956, mudou a denominação do Território Federal do Guaporé para Território Federal de Rondônia, em homenagem ao sertanista Marechal Cândido Rondon (1865-1958).
 
Dias atuais
 
Rondônia possui uma área de 343 mil e 44 quilômetros quadrados, de terras férteis usadas na agricultura e a pecuária. O subsolo é rico de diamantes, ouro, cristal de rocha, e principalmente, o minério de estanho, a cassiterita, do qual Rondônia já foi o maior produtor do Brasil.
 
A construção da BR–29 (hoje BR-364) veio abrir o então território para as possibilidades de progresso e desenvolvimento, além de interligar Rondônia com o restante do país. Hoje é a principal rodovia do estado, por onde passam a produção de vários produtos importantes para a economia, como soja, milho, arroz, café e madeira.
 
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS