PERIGO: Obras de água e esgoto provocam acidentes e transtornos na zona Sul

Caerd diz que obras são de responsabilidade do DER, que garante que a partir desta sexta-feira (03), reparos começam a ser feitos nas vias

PERIGO: Obras de água e esgoto provocam acidentes e transtornos na zona Sul

Foto: Felipe Corona/Rondoniaovivo

Há mais de um mês, moradores da zona Sul de Porto Velho tem convivido com máquinas, poeiras e valas, que causam problemas no tráfego das principais vias da região.
 
Uma das ruas que sofreram com as intervenções é a Geraldo Siqueira, que corta os bairros Conceição, Cidade do Lobo e Caladinho. O Rondoniaovivo foi até o local e conversou com moradores, que relataram que além da via ser estreita, a situação ficou ainda pior após os trabalhos.
 
“Eu ando muito de bicicleta por aqui. Dia desses, uma moto bateu na perna da minha filha, pois não dá pra elas andarem no meio da rua por causa da vala que foi mal tapada. O rapaz passou rápido e machucou minha filha, que chorou muito”, falou a dona de casa Gabriela Brito.
 
Com as chuvas que caíram nos últimos dias na cidade, há acúmulo de água e lama em alguns pontos da Geraldo Siqueira, além do barro estar afundando e causar um desnível perigoso entre o asfalto cortado e a parte aterrada.
 
“Já vi muita gente caindo de bicicleta e até moto, por perder o controle ou desequilibrar. Esse negócio tá mal feito e é perigoso. Alguém pode bater a cabeça ou se machucar de forma mais grave, já que nas outras vezes, foram apenas alguns roxos e ralados”, disse o mecânico de bicicletas Marivaldo Cunha.
 
Mais complicações
 
Outro ponto que recebeu obras e que ficou com problemas é a Rua Sucupira, paralela à Avenida Jatuarana. Lá, o trabalho de escavação e recomposição do asfalto foi um pouco mais rápido, mas não agradou quem mora ou transita ali.
 
“O asfalto já não era muito bom. Cheio de remendos e desníveis. Aí veio essa obra da Caerd, destruiu tudo. Até que eles não demoraram muito e refizeram o asfalto. Mas parece que ficou pior do que estava. Quem sofre são as suspensões do carro ou das motos”, desabafou Maria Antônia Freitas, moradora da Rua Sucupira há mais de 20 anos.
 
Outras ruas que estão bastante esburacadas e que atrapalham o trânsito na zona Sul é a Rua Algodoeiro, entre a Pau Ferro e a Miguel Calmon, além da Avenida Jatuarana, entre a UPA Sul e o Cedel.
 
Críticas
 
Em entrevista recente ao programa Conexão Rondoniaovivo, o prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves (PSDB), criticou as obras feitas pela Caerd nas principais vias da cidade.
 
“Eles não podem ver um asfalto novo que saem quebrando. Acho que eles ficam na expectativa, esperando a gente asfaltar uma rua nova, que vão lá e quebram”, afirmou ele.
 
Respostas
 
A Companhia de Águas e Esgotos de Rondônia (Caerd) enviou nota por meio da assessoria de comunicação ao Rondoniaovivo, apontando que houve um equívoco do prefeito Hildon Chaves e que as obras citadas pela reportagem são de responsabilidade do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), pois são ligadas ao Plano de Aceleração do Crescimento (PAC) e seriam de expansão da rede de água e esgoto.
 
Já Gilson Moraes, representante do DER, divulgou que a empresa executante das obras, o consórcio Mam&Cozatel tem previsão de iniciar a pavimentação das ruas a partir desta sexta-feira (03).

Galeria de Fotos da Notícia

PERIGO: Obras de água e esgoto provocam acidentes e transtornos na zona Sul

PERIGO: Obras de água e esgoto provocam acidentes e transtornos na zona Sul

PERIGO: Obras de água e esgoto provocam acidentes e transtornos na zona Sul

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS