NA INTERNET: Variedade nos vídeos online aumentam alcance desse formato de conteúdo

NA INTERNET: Variedade nos vídeos online aumentam alcance desse formato de conteúdo

Foto: Divulgação

 

O consumo de vídeos na web só aumentou no Brasil, assim como acontece em todo o mundo. Um dos principais motivos é a variedade de conteúdos disponíveis, seja uma série bem produzida ou até mesmo uma montagem com fotos. Em Rondônia, por exemplo, vários órgãos públicos contam com um canal no YouTube, justamente para divulgar informações e se aproximar da população do estado por meio dos vídeos.

 

Desde o ano passado, o Tribunal de Justiça de Rondônia (TJ/RO) publica diferentes campanhas no YouTube. O órgão usa o perfil para se aproximar do cidadão comum e explicar um pouco mais sobre o funcionamento do poder judiciário na região. Os vídeos costumam ser de entrevistas, ou até mesmo de montagens com dados e informações que fazem o conteúdo mais chamativo e interessante. Outras instituições, como o Tribunal de Contas e o Sebrae, também marcam presença na plataforma.

 

Essa diversidade de conteúdo é um dos principais motivos que fazem os vídeos conseguirem um maior alcance na internet. Além disso, existem algumas ferramentas online que facilitam o processo de criação e edição nestes formatos. Por exemplo, criar vídeo com fotos usando o Picture Video Maker da InVideo é possível até mesmo para quem nunca fez nenhuma montagem para o YouTube, ou até mesmo para outras redes sociais. O software gratuito oferece cerca de 4 mil templates personalizáveis, além de uma biblioteca com 10 milhões de imagens, vídeos e músicas, que ajudam os criadores de conteúdo neste formato.

 

Essa ajuda online faz com que os vídeos sejam usados por qualquer perfil na internet, seja um influenciador digital ou até mesmo um órgão público. Com mais de 80% do tráfego da web sendo direcionado para o audiovisual, como mostra a pesquisa da Rock Content, é de se esperar que mais pessoas usem conteúdos neste formato. Assim, as fotos e os textos estão começando a ser integrados aos vídeos, que estão ficando ainda mais completos.

Arte ganha espaço nos vídeos

 

O maior alcance dos vídeos abriu também as portas para as produções culturais, principalmente teatro e música. Como mostramos recentemente, o grupo responsável pelo Casa em Cena começou a utilizar o Facebook e o YouTube para transmitir peças de teatro. A ideia agradou o público, que marcou presença durante algumas exibições virtuais. É uma forma até mais popular de apresentar o grupo.

 

A música também está se beneficiando com o maior espaço do vídeo na internet. Alguns grupos musicais estão conseguindo mais destaque com vídeos publicados nas plataformas digitais, seja uma rede social ou até mesmo um site de compartilhamento de conteúdo. O grupo Os Barões da Pisadinha, por exemplo, começou a fazer sucesso em todo o Brasil dessa maneira. Uma das músicas dos baianos se popularizou online, e acabou alavancando a carreira dos integrantes.

 

Os museus, as galerias de arte e todos os ambientes que costumam reproduzir cultura também começaram a realizar montagens em formatos de vídeos. Essa que acaba por se transformar em uma exibição mais interativa, conseguindo chamar mais a atenção das pessoas. A internet trouxe algumas ferramentas que mudam o consumo, e a arte não fica de fora disso. Algo que vamos ver acontecer com cada vez mais frequência.

 

O alcance se transformou em um detalhe essencial para quem posta conteúdo na internet, e os vídeos funcionam de maneira perfeita com isso. Seja o TJ de Rondônia, ou então a Casa em Cena, a verdade é que a popularidade dos vídeos online está causando mudanças na produção de conteúdo. Uma mudança positiva, com poder de levar ainda mais informações importantes para as pessoas, principalmente aqui no Brasil.

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS