UNIRON: Acadêmicos do curso de Publicidade e Propaganda criam marca para Apiário

A Instituição se sente agraciada em poder colaborar com a comunidade

UNIRON: Acadêmicos do curso de Publicidade e Propaganda criam marca para Apiário

Foto: Da esquerda para a direita: Matheus, Josuel e Eduardo

A necessidade de construir uma marca para dar identidade ao mel que produzhá mais de três décadas, e, sabendo que a Uniron possui o curso de Publicidade e Propaganda, fez com que o empresário Josuel Ângelo Ravani procurasse a instituição para buscar auxílio nessa criação. 
 
A Coordenadora do curso de Publicidade e Propaganda da Uniron, Maria Angela de Lima, prontamente aceitou o desafio e destacou na ocasião os acadêmicos Matheus de Armas e Eduardo Pereira Mauricio, para atender a demanda, ainda no segundo semestre de 2020. 
 
Segundo Matheus, o conceito da marca foi pensado num formato de selo, para atender à solicitação do empresário. A partir disso, procuraram desenvolver uma identidade que transmitisse confiança e estivesse dentro dos conceitos atuais de cores, além de enfatizar o produto comercializado. Ele relata que “entre o primeiro contato e a aceitação do cliente, trabalhamos por cerca de 4 meses na construção do produto final, onde chegamos a visitar um dos apiários para conhecermos o processo de produção de mel. Isso ampliou meus conhecimentos, pois era algo até então desconhecido. É gratificante ver uma marca que ajudei a criar, estampado em produtos e sendo comercializada. Foi a minha primeira criação e já serviu de inspiração para outros trabalhos”.
 
Eduardo, por sua vez, menciona que “Foi gratificante trabalhar no projeto para o seu Ravani, e, desafiador, pois tinha um pouco de noção sobre a demanda solicitada, porém mesmo com a pouca experiência, conseguimos um trabalho muito bom num prazo que acredito que atendeu o empresário.”
 
Para a Coordenadora do curso de Publicidade e Propaganda, Maria Ângela de Lima, a atuação dos acadêmicos, destaca que os cursos de comunicação social da Uniron sempre buscaram aliar a prática do mercado de trabalho às teorias vistas em sala de aula. Conforme ela enfatiza, “Com projetos como este, todos ganham: o acadêmico, que vai desenvolver suas habilidades e competências, o cliente satisfeito com o trabalho recebido e os demais discentes que conseguirão visualizar que é possível sair das atividades teóricas para a prática real”.
 
Josuel, que possui seus apiários nas proximidades do Lago Samuel, nos quilômetros 55 e 61, onde produz cerca de 7 toneladas por ano, do tipo silvestre, colhidos em média 4 vezes no período de seca e vendido em embalagens de 250ml e 500ml, conta que ficou satisfeito com o trabalho apresentado pelos futuros publicitários. Conforme Ravani relata, “Aproveitei para mostrar aos meninos o processo de produção de mel e ainda tive a oportunidade através da interação com eles de ter uma marca para comercializar os meus produtos. Vi que eles pesquisaram bastante antes de me apresentar a arte final. Agora, tenho uma identidade visual, que irá ajudar a identificar o que estou vendendo”.  
 
A Instituição se sente agraciada em poder colaborar com a comunidade e ao mesmo tempo qualificar o processo ensino-aprendizagem para formar profissionais capacitados para enfrentar e fazer a diferença num mercado cada vez mais competitivo e exigente.
 
 
 
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS