REVOLTA – Moradores de Guajará-Mirim protestam contra abandono das autoridades durante pandemia

Guajará-Mirim registra desde o início da pandemia 5.163 casos de COVID-19, com 187 mortos e 4.834 pacientes curados

Um dos municípios de Rondônia que mais vem sofrendo com a falta de estrutura para o socorro de pacientes infectados por COVID-19, a cidade de Guajará-Mirim fica localizada na fronteira com a Bolívia à aproximadamente 330 quilômetros da capital. 
 
Na cidade está faltando profissionais de Saúde e medicamentos para a população, que indignada realizou uma manifestação em frente à Câmara Municipal de Vereadores cobrando uma ação dos representantes do legislativo municipal. 
 
De acordo com o grupo que protestava, eles estão sendo obrigados a se endividarem para comprar remédios aos seus parentes internados. A falta de insumos hospitalares é outro grave problema registrado em Guajará-Mirim. 
 
 
A comunidade exige uma resposta da prefeitura na vacinação além da melhoria no atendimento realizado aos infectados pelo vírus. 
 
Guajará-Mirim registra desde o início da pandemia 5.163 casos de COVID-19, com 187 mortos e 4.834 pacientes curados. 
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS