BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

PANDEMIA: Secretário alerta para segunda onda de Covid-19 após explosão de casos na capital

Uma equipe técnica analisa uma possível regressão na fase de restrição para combate ao COVID-19

Rondoniaovivo - João Paulo Prudêncio

06 de Novembro de 2020 às 16:47

Atualizada em : 07 de Novembro de 2020 às 11:31

O secretário estadual de Saúde, Fernando Máximo, falou com a imprensa nesta sexta-feira (6) para alertar sobre o aumento dos casos de COVID-19 em Porto Velho após a queda ocorrida desde o primeiro pico de infecção da pandemia. 
 
De acordo com Máximo, esse é um primeiro alerta e cabe a comunidade o trabalho de conter o avanço das infecções. Só na última semana Porto Velho registrou 729 novos casos, um aumento de 107% em comparação a primeira e última semana de outubro.
 
“Cada um de nós como cidadão tem que fazer sua parte, devem seguir as regras, as recomendações e infelizmente percebemos que existe um percentual maior de pessoas sem máscaras. Não queremos uma segunda onda em Rondônia e todos nós temos que nos cuidar”, afirmou Fernando Máximo.
 
Sobre a regressão da cidade de Porto Velho para fases de restrição mais severas, o secretário afirmou que ainda está sendo realizadas as análises, já que tudo depende do numero de lotação de leitos. 
 
“Mudança de fase não é apenas os números de casos novos, tem uma série de outros critérios que são avaliados, leitos de UTI, entre outros, isso está sendo avaliado pela nossa equipe e em breve teremos a respostas”, falou Fernando Máximo. 
 
Porto Velho está na quarta fase do plano de contenção ao COVID-19, onde as atividades sociais e comerciais estão permitidas em quase sua plenitude. Porém, o risco de uma nova onda de COVID-19 pode aumentar as restrições na capital do Estado.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS