BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

GABINETE DE ARTICULAÇÃO: Gaepe Rondônia amplia transparência com boletim informativo

Trata-se de uma publicação eletrônica, produzida pelas instituições que integram o Gaepe-RO e que visa, principalmente, ampliar o leque de produtos de comunicação sobre o organismo multi-institucional

ASSESSORIA

28 de Julho de 2020 às 09:42

Foto: Divulgação

Foi lançado nesta segunda-feira (27/7) pelo Gabinete de Articulação para Enfrentamento da Pandemia na Educação em Rondônia (Gaepe-RO) seu boletim informativo externo, denominado “Gaepe em Ação”(disponível neste link: https://tcero.tc.br/wp-content/uploads/2020/07/BOLETIM-GAEPE-27.7.-aprovado-links.pdf).
 
Trata-se de uma publicação eletrônica, produzida pelas instituições que integram o Gaepe-RO e que visa, principalmente, ampliar o leque de produtos de comunicação sobre o organismo multi-institucional, dotando-o de uma ferramenta online, de baixo custo e ecologicamente adequada.
 
O leiaute e o conteúdo do informativo foram concebidos de forma a atrair e agradar o leitor, que tem ainda a opção de se aprofundar mais sobre determinado assunto por meio de link na própria matéria ou artigo.
 
Há ainda material inédito, envolvendo depoimentos de representantes dos órgãos que integram o Gaepe-RO; os principais atos expedidos e conquistas obtidas pelo Gabinete em relação à sua área principal de atuação; e uma cronologia com ações, eventos e realizações.
 
O Gaepe-RO é composto pelo Tribunal de Contas (TCE-RO), Ministérios Públicos de Contas (MPC-RO) e Estadual (MP-RO), Tribunal de Justiça (TJ-RO), Defensoria Pública (DPE-RO), Comitê Técnico da Educação do Instituto Rui Barbosa (CTE-IRB), Instituto Articule, Secretaria de Educação (Seduc), União dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), Conselho Estadual da Educação (CEE), União dos Conselhos Municipais (Uncme), Associação Rondoniense de Municípios (Arom) e Sindicato dos Estabelecimentos Particulares de Ensino de Rondônia (Sinepe-RO).
 
Busca-se com essa iniciativa, de um lado, garantir que a tomada de decisões seja eficaz e célere e, por outro lado, evita
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS