BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

ARTIGO: Distanciamento e hipocrisia - Por Geovane Berno

Por Geovane Berno

ASSESSORIA

27 de Julho de 2020 às 14:22

Foto: Divulgação

 
Antes de mais nada, vamos definir o que é hipocrisia, que segundo o dicionário significa “o ato de fingir ter crenças, virtudes, ideias e sentimentos que a pessoa na verdade não possui, frequentemente exigindo que os outros se comportem dentro de certos parâmetros de conduta moral que a própria pessoa extrapola ou deixa de adotar”. 
 
Pois é, acredito que pela generalização, podemos afirmar que a quase totalidade das pessoas civilizadas tem acesso a pelo menos um meio de comunicação e que já são cientes de que existe uma pandemia democrática, ou seja, não escolhe classe social, raça, cor e sexo, e que está matando milhares de pessoas ao redor do mundo. 
 
Diante disso, e apesar de todos os apelos das autoridades sanitárias, muitos que defendem a abertura disso e daquilo, na verdade estão defendendo o próprio umbigo e sendo hipócritas. Isso porque acho, sinceramente, que se tomadas as devidas precauções no comércio, pouco risco se correrá. Repito, tomando todas as medidas sanitárias necessárias. 
 
No entanto, ainda sou cético e contrário ao retorno das aulas e academias, por exemplo, devido ao alto risco de contaminação, exceto se me provarem o contrário. 
 
Mas o que acontece na verdade é que ao se abrir o comércio, muitos acharam que havíamos vencido a Covid-19, que estávamos imunes. Ledo engano. Fiquei assustado ao assistir reportagem nesta manhã mostrando as praias em diversos pontos do nordeste onde as pessoas, além de aglomerarem não davam a menor bola para as proteções simples, como o uso de máscara. 
 
Com certeza estas criaturas serão as mesmas que aparecerão chorando nas matérias sensacionalistas, pois não conseguiu um leito de UTI, um respirador para seu ente querido. Hipócritas.... infelizmente este é o termo. Estou generalizando, sim. Alguns serão contaminados mesmo sem sair de casa devido à irresponsabilidade destes seres desprezíveis que ainda não entenderam que é preciso respeitar para ser respeitado. Se preservar para resguardar o outro. 
 
Pessoal, os números não mentem. E estão subindo exponencialmente a cada dia após as liberações e reaberturas de comércio e outras atividades. Em Porto Velho mesmo, a quantidade de gente que vejo caminhando nos parques sem a proteção de máscara é incrível. E onde fica o respeito a sua vida e a do outro? Claro, como ele é um hipócrita, o dever de se proteger é do outro, nunca meu. A culpa pela disseminação é do outro, nunca minha. 
 
Enquanto se pensar desta forma seremos todos hipócritas. Cuide-se, pelo bem de todos!
 
Jornalista, Geovane Berno.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS