BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

ALERTA: Simero lança nota alertando para a grave situação da saúde pública em RO

O documento afirma que o sindicato alertou há três meses para que medidas fossem efetivadas, mas foram ignorados

RONDONIAOVIVO

04 de Junho de 2020 às 17:35

Atualizada em : 04 de Junho de 2020 às 17:36

Foto: Divulgação

 
O Sindicato do Médicos do Estado de Rondônia (Simero), divulgou uma nota pública onde critica a atual situação da saúde pública em Rondônia, durante a pandemia de coronavírus. No texto, a entidade afirma que alertou, há três meses, para a necessidade de que medidas fossem efetivadas para evitar o quadro de colapso nos hospitais.
 
Em outro do ponto do documento, o Simero pede que os médicos plantonistas relatem detalhadamente, os óbitos que ocorram por falta de respiradores ou por uso inadequado destes equipamentos. 
 
 
É dito também que a atual situação da saúde pública local, onde o caos predomina, é um momento que poderia ter sido evitado. “Jamais deveríamos chegar, ao ponto de termos que escolher a quem dar acesso ao leito de terapia intensiva; podendo chegar à situação em que o respirador poderá determinar quem morre e quem vive”. 
 
 
Veja a nota do Simero: 
 
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS