BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

VIOLÊNCIA DOMÉSTICA: Associação Filhas do Boto Nunca Mais apoia decisão da OAB-RO

Um bacharel não foi aceito na Ordem por estar envolvido em violência doméstica

DA REDAÇÃO

21 de Abril de 2020 às 11:13

Atualizada em : 22 de Abril de 2020 às 09:01

Foto: Divulgação

A Associação Filhas do Boto Nunca Mais, que luta pelo fim da violência contra a mulher, emitiu uma nota de agradecimento a decisão da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Rondônia, que indeferiu a inscrição de um bacharel em Direito, envolvido em violência doméstica.

 

 

A decisão da OAB-RO teve como base as súmulas vinculantes 09/2019 e 10/2019 aprovadas pela OAB Nacional, em 18 de março do ano passado, que proíbem o ingresso de bacharéis em direito que tenham agredido mulheres, idosos, crianças, adolescentes e pessoas com deficiência física e mental aos quadros da Instituição.

 

 

Veja o texto

 

 

A Associação Filhas do Boto Nunca Mais vem a público agradecer em nome das Mulheres do Estado de Rondônia a Ordem dos Advogados do Brasil, em Rondônia, pela decisão de deferimento da inscrição de um Bacharel em direito, baseado na súmula aprovado em 2018 que orienta a ordem a indeferir as mesmas no caso de "agressão a mulheres, idosos, crianças, adolescentes e pessoas com deficiência física e mental".

 

 

A Associação está na linha de frente diariamente no enfrentamento da violência contra mulheres e violação de direitos humanos em geral e expõe a importância que é para a sociedade de Rondônia tomar medidas cada vez mais efetivas, tratando com a seriedade que o crime cometido requer e inibindo assim futuros atos.

 

 

Lutamos para o dia que essas agressões não ocorram apenas pelo entendimento dos indivíduos da necessidade de respeito à dignidade humana. Mas enquanto isso não é realidade, visto os números de estatística referentes à essa violação de direitos, ainda necessitamos que órgãos com tamanho respeito e influência social se unam a essa pauta.

 

 

No entendimento da associação, tirar algo do papel e por em prática é complexo, pois, existe todo um sistema que ainda tenta minimizar e/ou até mesmo justificar atos de violência. Por este motivo parabenizamos a ação da gestão e os envolvidos na apuração.

 

 

Que venham novos tempos na garantia de direitos no Estado de Rondônia.

 

 

Juntos indiscutivelmente somos mais fortes.

 

 

Filhas do Boto Nunca Mais.

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS