BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

CORONAVÍRUS: O impacto do covid-19 no ensino superior no estado de Rondônia

Como as Faculdades estão lidando com a COVID-19

ASSESSORIA FARO

17 de Abril de 2020 às 17:39

Atualizada em : 18 de Abril de 2020 às 10:53

Foto: Divulgação

 

O primeiro caso de coronavírus foi registrado em Rondônia em 20 de março, mas, desde o dia 16, o Governo do Estado já havia decretado situação deemergência no âmbito da saúde pública (Decreto nº 24.871, de 16/03/2020). Um dos setores impactados por esse Decreto foi o da educação.

 

A suspensão temporária das atividades presenciais é uma das ações do Governo na tentativa de reduzir o risco de contágio e disseminação do COVID-19 entre os alunos e o restante da população.

 

Buscando amenizar os impactos e prejuízos causados pela medida, faculdades de todo o Estado aderiram ao ensino através de plataformas digitais. As aulas presenciais foram, portanto, temporariamente substituídas por aulas remotas. Agora, é por meio de videoconferências que professores e alunos se reúnem para adquirir novos conhecimentos e darem continuidade ao aprendizado.

 

É importante entender que há diferenças entre EAD e Aulas Remotas

 

AULA EAD 

AULA REMOTA

Videoaulas gravadas 

Aulas em tempo real, nos mesmos dias e horários do presencial  

Tutor para dúvidas  

Interação diária com o professor da disciplina  

Atividades e material padronizados e calendário unificado 

Material personalizado e montado pelo professor da disciplina  

Avaliações e testes padronizados e unificados 

Cronograma e calendário próprio, conforme o início do semestre  

Avaliações e testes padronizados e unificados 

Avaliações e testes criados pelo professor da disciplina e personalizado  

Materiais disponibilizados por empresas especializadas (comprados) 

Material dinâmico, personalizado e criado pelo professor da disciplina 

 

O que Instituições preparadas têm feito?

 

Muitas Instituições já utilizavam as plataformas digitais como suporte no processo de aprendizagem dos acadêmicos, a FARO é uma delas.

 

Pioneira na união da ciência e da tecnologia nos métodos de ensino, a FARO sempre prezou pela importância dos Ambientes Virtuais no dia a dia da Instituição. Essa familiaridade com os meios digitais, auxiliou os professores, alunos e colaboradores a se adaptarem, facilmente, às mudanças na metodologia de ensino e de trabalho. No dia seguinte à divulgação do Decreto, as aulas online já estavam acontecendo normalmente.

 

Através dos Ambientes Virtuais de Aprendizagem – AVA, os alunos podem conversar, diretamente, com os professores, resolver questões, tirar dúvidas, interagir com os colegas e, o mais importante, sem colocar a saúde em risco.

 

E a sua faculdade, como está lidando com a pandemia?

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS