BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

R$ 1,2 milhão, quantia desviada na compra de ônibus escolares

Durante as investigação constatou que o montante desviado da prefeitura gira em torno de R$ 1,2 milhão através de licitações fraudulentas nas compras de ônibus escolares.

Extra de Rondônia

24 de Fevereiro de 2017 às 09:46

Foto: Divulgação

 A Operação “Scrutarius” deflagada pela Polícia Federal (PF) tem objetivo de desvendar onde foi parar cerca de R$ 1,2 milhão que foram desviados dos cofres públicos em Vilhena.

Agentes federais cumpriram na manhã desta quinta-feira, 23, sete mandados de busca e apreensão.

Durante as investigação constatou que o montante desviado da prefeitura gira em torno de R$ 1,2 milhão através de licitações fraudulentas nas compras de ônibus escolares.

O esquema foi montado no ano de 2009 por servidores da prefeitura que direcionaram licitações para aquisição de veículos usados. Além disso, os preços teriam sido superfaturados e os ônibus não era o previsto em edital. Após as licitações, uma empresa entregou seis veículos com qualidade inferior.

As investigações mostraram que uma empresa de coletivo urbano foi a real beneficiada com a fraude.

Além de busca e apreensão, a PF pediu bloqueio de contas bancárias e seqüestro de bens de pessoas físicas e jurídicas, envolvidas no esquema.

Os acusados poderão responder pela pratica de peculato, corrupção ativa, passiva e crimes de lei de licitações. Os nomes dos envolvidos não foram liberados pela polícia para não atrapalhar as investigações.

“Scrutarius” termo em latim faz alusão à comerciante de sucatas.

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS