BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

DEFENSORIA PÚBLICA - Lançada campanha Natal Solidário DPE/APAE

Com a presença de alunos da APAE (Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais), foi aberta oficialmente na manhã desta quinta-feira(17),no auditório da Defensoria Pública do Estado (DPE), a campanha Natal Solidário DPE/APAE. A ação foi idealizada pelos

Da Redação

17 de Novembro de 2011 às 17:07

Foto: Divulgação

Com a presença de alunos da APAE (Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais), foi aberta oficialmente na manhã desta quinta-feira(17),no auditório da Defensoria Pública do Estado (DPE), a campanha Natal Solidário DPE/APAE. A ação foi idealizada pelos servidores do órgão em benefício dos alunos da entidade, que escreveram cartas falando o presente que cada um deseja ganhar neste Natal. As cartas contendo os pedidos foram repassadas aos funcionários da Defensoria por um grupo de estudantes que representou a entidade.
No próximo dia 25, às 17 horas, durante festa a ser realizada na APAE, os alunos receberão os presentes das mãos dos colaboradores da DPE. Eles (estudantes) terão direito a palhaço, bolo, pipoca, picolé, cachorro-quente e Papai-Noel. A ação está sendo coordenada pela chefe de gabinete da Defensoria Pública, Aline Botelho, em parceria com a coordenadora do cerimonial, Renée Rivero Abdelnour.
Além dos alunos, a solenidade de abertura contou com a presença do defensor Público-Geral do Estado (DPGE), José Francisco Cândido, da presidente da APAE, Gilca Moraes, da secretária Executiva do Governo, Milene Mota, dos servidores da DPE e pais dos excepcionais. Cândido enalteceu o trabalho realizado pela direção da entidade que, segundo ele, é movido unicamente pelo amor ao próximo, sem nenhum retorno financeiro.
O DPGE destacou ainda a iniciativa dos servidores em escolher a APAE para ser beneficiada com essa ação. “Através da solidariedade, hoje formamos uma única comunidade-DPE/APAE. Espero que possamos continuar esse vínculo por muito tempo”, afirmou. Milene Mota disse estar surpresa com a iniciativa dos colaboradores, desejando que essa ação seja levada aos núcleos da DPE “para que a felicidade de hoje seja estendida a todos os excepcionais assistidos por essa entidade em Rondônia”.
O defensor público Edvaldo Caires Lima, pai de um excepcional, representou os demais defensores na solenidade de abertura. Emocionado, ele falou o quanto ações dessa natureza são importantes para reduzir o preconceito que ainda existe na sociedade em relação aos portadores de necessidades especiais. “O trabalho da APAE é um presente de Deus”, frisou.
Sérvio Soares/solidariedade
Funcionando em prédio alugado, localizado na rua Padre Chiquinho- 1297, a entidade conta com a solidariedade do proprietário do imóvel, Sérvio Soares e de sua esposa Celene que, mesmo com o aluguel atrasado desde o mês de julho, afirmou que não tem coragem de retirar a APAE da propriedade, apesar de precisar do imóvel há mais de um ano. Ele garantiu que vai esperar a direção consiguir um espaço para abrigar à escola, que atende 100 alunos dos 08 aos 58 anos.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS