BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

Br 364 pode ser bloqueada a qualquer momento

Br 364 pode ser bloqueada a qualquer momento

Da Redação

27 de Junho de 2007 às 11:35

Foto: Divulgação

*Os caminhoneiros do Acre, de Rondônia e do Mato Grosso decidiram se unir no protesto que pode resultar no fechamento da BR-364 em dois pontos da rodovia, nesta segunda-feira. *O primeiro será na Ponta do Abunã (Rondônia) e segundo na divisa de Mato Grosso com Rondônia. *Os motoristas exigem a imediata recuperação de vários trechos tomados por buracos e dizem que estão tendo prejuízos por causa dos danos que os buracos provocam nos caminhões. *O presidente da Cooperativa de Transportes do Estado de Rondônia, Jorge Roberto, o Marreta, disse que o bloqueio só será suspenso quando o Dnit apresentar um calendário de obras. *O evento foi adiado várias vezes para o encaminhamento de negociações com o governo de Rondônia e com o Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes (Dnit). *Segundo o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviário de Automóveis e Bens do Acre (Sintraba), Júlio Farias, o protesto só deve parar com a recuperação dos trechos mais críticos, localizados exatamente em terras rondonienses. O trecho em questão da BR-364, explica, é um dos piores do Brasil e já causou vários acidentes graves. *"Os caminhoneiros do Acre, de Rondônia e de Mato Grosso estão unidos nesse protesto, que deve bloquear Rondônia em dois pontos. O primeiro é a oeste, na Ponta do Abunã, e o outro, a leste, na divisa com o Mato Grosso. De qualquer forma, esperamos que o Dnit atenda a nossas reivindicações rapidamente", revela Júlio Farias.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS