BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

RONDONIENSE 2020: Em estreia, Porto Velho vence o Genus por 2 a 1 no estádio Nenenzão

Os gols da vitória da Locomotiva foram marcados por Bala e Sodré, enquanto que Marcos descontou para o Genus

FUTEBOL DO NORTE

03 de Fevereiro de 2020 às 10:01

Foto: Divulgação

O Porto Velho estreou com vitória na tarde deste sábado diante do Genus por 2 a 1 no estádio Nenenzão, no distrito de Jaci Paraná, pela primeira rodada do Campeonato Rondoniense 2020.

 

Os gols da vitória da Locomotiva foram marcados por Bala e Sodré, enquanto que Marcos descontou para o Genus.

 

Com o resultado, o Porto Velho somou seus três primeiros pontos no grupo A do Estadual 2020.

 

Na próxima rodada, o Porto Velho enfrenta no domingo (09/02) o Guajará em Nova Mamoré. Já o Genus folga na próxima rodada e retorna a campo somente no dia 16 de fevereiro diante do Guajará no estádio Arlindo Braz da Silva, em Humaitá.

 

O jogo

 

A partida rolou sem a presença de público devido a ausência de laudos. Com a bola rolando, o Porto Velho começou melhor e ditando o ritmo do duelo. Aos 14 minutos, Léo Garcia cobrou escanteio, o goleiro Luciano saiu mal do gol e o lateral Bala cabeceou livre para abrir o placar para a Locomotiva. Dois minutos depois, após jogada pelo setor esquerdo, a bola sobrou dentro da área para Sodré, que finalizou forte no canto para fazer o segundo gol do Porto Velho. Aos 31', Dodô recebeu livre na área e finalizou forte, mas o goleiro Luciano fez grande defesa, salvando o Genus.

 

Na volta do intervalo, o Porto Velho voltou melhor a campo. Na primeira oportunidade, Rennã recebeu dentro da área e bateu fraco, porém Marcão salvou em cima da linha e afastou o perigo da área. A resposta do Genus foi mortal. Marcos recebeu em velocidade e finalizou forte, descontando para o Aurigrená.

 

O gol colocou fogo na partida. Na sequência, Marcos recebeu livre, avançou até a área e bateu no canto, mas o goleiro Wellington salvou o Porto Velho. Aos 44', Bala arriscou do bico da área, o goleiro Luciano espalmou para o meio da área e se recuperou na sequência antes da chegada do atacante Ávila. Já, aos 46', Geovane recebeu na área, driblou seu marcador e finalizou para fora, desperdiçando a última oportunidade da partida.

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS