ESPAÇO ABERTO: Marcos Rogério revela habilidade se confirmar Cesar Cassol para vice-governador

ESPAÇO ABERTO: Marcos Rogério revela habilidade se confirmar Cesar Cassol para vice-governador

Foto: Divulgação

MOVIMENTO
 
O anúncio do nome do empresário Cesar Cassol para ser vice na chapa de Marcos Rogério movimentou o cenário Político. Cesar é bem mais discreto que o irmão Ivo, no entanto também tem muito prestígio no meio político.
 
DIREITA
 
Bolsonarista de carteirinha, Cesar defende propostas mais ousadas e efetivas para a gestão do Estado. Concorda com Marcos Rogério de que o atual governo não atendeu as expectativas quanto à investimentos e modernização de Rondônia.
 
AJUSTES
 
Cesar Cassol me disse no sábado que não há nada oficial sobre sua candidatura, mas que está conversando sobre o assunto. Afirmou que se decidir voltar a se envolver com política, acha que o grupo do senador Marcos Rogério tem mais condições de governar Rondônia.
 
POPULARIDADE
 
Falou ainda que ficou surpreso com a repercussão positiva das notícias sobre a possibilidade de compor com o senador Marcos Rogério. Cesar enfatizou que vê Rogério como quem mais se identifica com as propostas de Bolsonaro, na opinião dele isso é um diferencial muito importante.
 
ESCOLHIDO
 
Já uma liderança muito próxima ao senador Rogério, garante que o vice da chapa é de Porto Velho e tudo já estaria acertado. O anúncio do nome estaria previsto para acontecer no próximo dia 14 de maio, que é quando Marcos Rogério pretende lançar oficialmente a pré-candidatura.
 
EUFORIA
 
Quem não tem nada a ver com isso e está mais faceiro que cachorro ao ver linguiça é o deputado Léo Moraes. Ele teria sido informado que mais de uma pesquisa interna de partidos teriam apontado ele e Marcos Rogério no segundo turno.
 
NÚMEROS
 
A equipe de reeleição do governador Marcos Rocha não comenta as especulações, e desconsidera qualquer cenário que não aponte o governador no segundo turno.
 
AÇÕES
 
A justificativa é de que há um trabalho muito forte junto aos municípios e que as comunidades locais estariam alinhadas com o governo. Ações como o ”Tchau Poeira” e manutenção de estradas rurais teriam fortalecido Marcos Rocha junto ao eleitorado do interior.
 
IMAGEM
 
Aliás, essa possibilidade de Marcos Rocha não chegar ao segundo turno teria feito um de seus aliados na majoritária pedir ajuda em Brasília. Flávio Bolsonaro já teria conversado com forte liderança local sobre o assunto. Ainda esta semana vou pontuar o “alvoroço” interno que norteia União Brasil e companhia.
 
PIADA
 
Nos bastidores todo dia surge um novo nome para a vaga de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado. Umas das especulações do momento é o nome do ex-secretário de saúde Fernando Máximo. Sou capaz de apostar que Máximo não sabe nem o nome dos 24 deputados estaduais de Rondônia. Realmente, não há o que não haja.
 
ATUALIZAÇÃO
 
O Professor, Jornalista e Analista Político Herbert Lins de Albuquerque, esteve participando, em Brasília, do Fórum Internacional de Comunicação Política – FINCOP, evento que reuniu grandes profissionais do Marketing Político e Eleitoral do Brasil, América Latina e Europa.
 
 
TEMAS
 
O Fórum abordou temas como comunicação governamental e institucional, crise de governo, construção de imagem, opinião pública, participação feminina, engajamento dos jovens, novas tecnologias, redes sociais, pesquisa, estratégia, mobilização e eleições 2022.
 
PARTICIPANTES
 
O FINCOP reuniu consultores políticos, representantes do executivo, legislativo, jornalistas, publicitários, pesquisadores, estudantes e demais interessados em conhecer o que há de melhor na comunicação política, eleitoral e institucional.
 
 
REFLEXÃO
 
Em meio a tanta especulação, conchavo e acordos completamente fora de contexto em nome da manutenção do poder, muita gente acaba, infelizmente, perdendo gosto pela política. É compreensível.
 
PASSADO PASSOU
 
Uma das razões para o desprezo em relação à política, está nas mudanças radicais sem sentido, mas que na verdade tem um objetivo. Gente que se odiava até ontem,  de repente começa a trocar juras de amor.
 
UTOPIA
 
Aos olhos de grande parcela da sociedade, os acordos políticos são interesseiros e sem escrúpulos. E são mesmo. O problema é que às vezes é muito mais negócio inimigos se tolerarem, pois ambos sabem que não há, e nunca houve, amizade entre eles, do que correr o risco de andar ao lado de traidores. Esses sim, os verdadeiros tiranos.
 
FINALIDADE
 
Me perguntaram: Mas a política é tão podre, o que você ganha escrevendo sobre isso? Política não é uma coisa nefasta, é fundamental em nossas vidas, e toda a regra tem sua exceção.
 
TROCA
 
Em todo o lugar existem pessoas incompetentes e não tão boas. Um problema fácil de ser resolvido. Na empresa é o patrão que troca e na vida pública é o eleitor que, inclusive, agora em outubro já poderá fazer isso na hora de votar.
 
CONTINUIDADE
 
O eleitor precisa sempre estar ciente disso, da importância do seu papel para a construção da sociedade. A política é essencial e vai seguir em frente, pois é através dela que existe direção, organização e administração dos municípios, estados e também dos países. 
 
REALIDADE
 
A política foi criada para que possamos debater, discutir e questionar questões, sem que haja necessidade de violência. Através da política, foram estabelecidas regras, leis e normas, bem como o estabelecimento de direitos e deveres para conduzir as sociedades.
 
OBRA
 
Na pintura “A verdade que sai do poço” de Jean-Léon Gérome, 1896, é possível fazer uma analogia à mentira que age como verdade e consegue enganar quem não faz questão de ver realmente o que acontece em sua volta.  
 
 
CONVERSA
 
A Mentira disse à Verdade:
 
"Vamos tomar banho juntas, a água do poço é muito boa. A Verdade, ainda desconfiada, testou a água e descobriu que estava muito boa. Então elas despiram-se e tomaram banho. De repente, a Mentira saiu da água e fugiu, vestindo as roupas da Verdade.
 
REPULSA
 
A Verdade, furiosa, saiu do poço para recuperar as suas roupas. Mas o Mundo, ao ver a Verdade nua, desviou o olhar, com raiva e desprezo. A pobre Verdade voltou ao poço e desapareceu para sempre, escondendo a sua vergonha.
 
EM TODO LUGAR
 
Desde então, a Mentira corre pelo mundo, vestida de Verdade e a sociedade fica muito feliz ... Porque o mundo não quer conhecer a Verdade nua”.
 
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

E M M M de Barros

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS