ESPAÇO ABERTO: Empresário do agronegócio e apoiador de Bolsonaro pode ficar fora da disputa

ESPAÇO ABERTO: Empresário do agronegócio e apoiador de Bolsonaro pode ficar fora da disputa

Foto: Divulgação

 

SEM VAGA

O empresário Jaime Bagatolli disse ontem em entrevista, que o senador Marcos Rogério teria mandado ele procurar outro partido para se candidatar. A vaga de Senador pelo PL já estaria comprometida.
 
TRAIÇÃO
 
Evitando usar o termo do título acima, mas com sentido real da palavra, Bagatolli falou que ficou 4 meses ao lado de Marcos Rogério- desde que houve a confirmação do ingresso de Bolsonaro na legenda- , e jamais imaginava que poderia ser preterido até mesmo para uma disputa de pré-candidatura ao senado.
 
TELEFONEMA
 
“Falamos ao telefone ontem ( quarta-feira), e ele foi direto. Se eu quiser ser candidato que ache outro partido, no PL a vaga está destinada a um representante do PSDB. Veja que absurdo, dar preferência a uma pessoa que nunca teve afinidade com Bolsonaro”, explicou Bagatolli durante a entrevista.
 
ENROLAÇÃO
 
Jaime enfatiza que Marcos Rogério nunca demonstrou interesse nenhum em ser candidato ao Governo, então ele não acredita que isso irá se concretizar.
 
ACERTO
 
Bagatolli argumenta que a conversa de candidatura de Rogério seria uma ação junto com pessoas que estão no entorno do presidente Bolsonaro, e que teriam interesse em levar vantagens pessoais na eleição. 
 
COMPROMISSO
 
O empresário ressalta que se filiou ao PL em dezembro, no entanto o senador Marcos Rogério, presidente estadual do partido, nunca lhe garantiu à vaga de pré-candidato ao senado. Mesmo sabendo desse desejo dele.
 
OPÇÃO
 
Bagatolli destaca que deverá migrar para um partido de Direita que apoia Bolsonaro à reeleição. Quer disputar o senado, mas pode entrar na disputa ao governo se não houver outra alternativa.
 
APELO
 
Em tom de lamento, Jaime Bagatolli disse que não acredita que com 5, 6 partidos que vão apoiar Bolsonaro, ele ficar de fora. Pediu vaga publicamente para que algum partido lhe chame.
 
CHRISÓSTOMO
 
O deputado disse, também em entrevista, que o que vem ocorrendo com o PL é resultado de acordos por debaixo do tapete. Insinuou que tem político se vendendo para mudar de sigla partidária e isso pode comprometer todo um projeto político iniciado por Bolsonaro em 2018.
 
CONVOCAÇÃO
 
O deputado também convocou Marcos Rogério para vir à público confirmar candidatura e terminar com as especulações. Ressaltou que o senador pôs a cara a tapa na CPI, e deve fazer o mesmo agora em Rondônia.
 
 
OPINIÃO
 
O lamento do deputado Chrisóstomo é uma espécie de defesa do amigo Jaime Bagatolli que lhe ajudou na campanha de 2018. Chrisóstomo até tem vontade de dizer o que realmente pensa sobre o “tombo” dado em Bagatolli, mas sabe que para tudo existem limites.
 
OPINIÃO 2
 
Quanto ao empresário Bagatolli, ele foi completamente ingênuo em todo o processo eleitoral, já desde 2018. Entrou em um campo minado achando que seria a mesma coisa que pisar na lavoura onde construiu sua trajetória de trabalho e sucesso.
 
OPINIÃO 3
 
A excessiva confiança de que estar próximo à Bolsonaro lhe garantiria, talvez, independência política e assédio parlamentar, agora pode lhe custar todo um projeto.
 
OPINIÃO 4
 
Jaime costuma enfatizar que usa recursos pessoais em seus projetos políticos, inclusive para a eleição, abrindo mão, por exemplo, do Fundo Partidário. A questão crucial, que Bagatolli ingenuamente ignora, é que dinheiro de política, não é usado só para fazer política.
 
OPINIÃO 5
 
No caso dele, mesmo que venha a investir 10, 20 milhões de reais em uma campanha, o que sobra só tem um dono, e não precisa ser repartido.
 
DEAD-LINE
 
Hoje é um dia que promete surpresas na política de Rondônia. Definições deverão acontecer, algumas já esperadas e outras causando surpresa e curiosidade.
 
DEAD-LINE 2
 
A mais interessante diz respeito a troca de ideologia da noite pro dia. Gente alérgica a um tipo específico de invertebrado artrópode, que na virada da noite deverá comemorar indicação a disputa de cargo político bebendo Chandon e comendo Crustáceo polpudo.
 
EXONERADO
 
O Secretário Geral de Governo da Prefeitura de Porto Velho, Fábricio Jurado, foi exonerado do cargo. No lugar dele assume Jonathan Pacheco. Jonathan trabalhava como assessor especial no gabinete do prefeito.
 
Direito ao esquecimento

Qual você acha que será o resultado do jogo entre Brasil e Suíça nesta segunda-feira (28)?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Baltazar Vilas Boas

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS