ESPAÇO ABERTO: TJ manda prender sargento da PM que matou homem em boate

ESPAÇO ABERTO: TJ manda prender sargento da PM que matou homem em boate

Foto: Divulgação

DECISÃO
 
O Tribunal de Justiça de Rondônia determinou a prisão de um sargento da PM envolvido em homicídio na capital. O assassinato aconteceu há dois meses em uma boate localizada na Avenida Calama.
 
BRIGA
 
A vítima, de 46 anos, teria sido morta a tiros após uma discussão banal. O sargento estava à paisana e fugiu após os disparos.
 
ARMADO 
 
Testemunhas disseram que durante o desentendimento, o policial sacou uma pistola e atirou duas vezes no tórax da vítima.
 
SOCORRO
 
A vítima ainda foi socorrida em um carro particular, mas morreu no hospital João Paulo II. 
 
APRESENTAÇÃO
 
O sargento da Polícia Militar se apresentou no dia seguinte na Delegacia Especializada em Crimes Contra a Vida (DECCV). 
 
SOLTO
 
Como não tinha mandado de prisão decretado e fugiu do flagrante, o policial militar foi ouvido e depois liberado. 
 
PISTOLA
 
No depoimento, o PM teria dado informações desencontradas sobre a motivação do crime. A arma do policial, que estava acompanhado de advogado, foi apreendida. 
 
TJ
 
A decisão do Tribunal de Justiça atendeu solicitação do delegado Júlio Cesar Àrabe, encarregado do caso. Se condenado, o sargento da polícia militar pode ser expulso da corporação. 
 
MOVIMENTO
 
Algumas entidades de classe de Porto Velho, ligadas ao setor de transporte estão preparando uma manifestação contra os aumentos dos combustíveis.
 
MOVIMENTO 2
 
O alvo seria o Governo do Estado, que não opinião dos sindicalistas não vem fazendo nada para impedir os aumentos.
 
NADA A VER
 
E nem tem mesmo muito o que fazer. Aumento de combustível, já escrevi outras vezes, não tem nada a ver com o governador Marcos Rocha.
 
FEDERAL
 
Os aumentos são coisas da Petrobrás, leia-se Governo Federal. Inclusive Bolsonaro falou no início da semana a possibilidade de privatizar a estatal como forma de segurar os aumentos.
 
CÂMBIO INTERNACIONAL
 
Os constantes reajustes dos preços dos combustíveis no Brasil estão atrelados a uma política de preços implementada pela Petrobras, que repassa a alta do preço do mercado internacional e a alta do dólar para o consumidor final.
 
OPINIÃO
 
“Com certeza. Para manter a mesma eficiência só repassando o aumento mesmo”
 
Empresário Márcio Ferreira, diretor-geral da Distribuidora Coimbra, explicando que com o aumento, praticamente, semanal dos combustíveis é impossível para qualquer empresa que atua no ramo de distribuição, manter os mesmos preços no transporte de produtos.
 
SUBIU
 
Falando em economia, o Copom decidiu elevar a taxa Selic em 1,5 ponto percentual, passando de 6,25% ao ano para 7,75% ao ano.
 
 
DIMINUIU
 
A taxa de desemprego no Brasil voltou a cair, indo a 13,2% no trimestre encerrado em agosto, com aumento na população ocupada e no nível de ocupação.
 
 
CONTRAPONTO
 
No entanto, a informalidade cresceu e o rendimento real sofreu as maiores baixas da série histórica.
 
 
OUTRA QUEDA
 
A dívida pública federal do Brasil caiu 0,68% em setembro sobre agosto, a R$ 5,443 trilhões, num mês marcado por encarecimento das emissões em meio aos temores de deterioração nas contas públicas. 
 
 
FECHARAM
 
O Santander Brasil está com menos 39 agências no período. O banco encerrou o trimestre com 139 lojas a menos do que no fim de setembro de 2020. Muita gente desconfia que a agência do Santander na avenida 07 de setembro, centro da capital, está com os dias contados.
 
ASSUMIU
 
Jean Mendonça (Podemos) foi empossado deputado estadual. Ele entra na vaga de Saulo Moreira(MDB) que teve o diploma anulado após recontagem de votos promovida pelo Tribunal Regional Eleitoral.
 
 
Direito ao esquecimento

Em qual desses quatro pré-candidatos você votaria se as eleições fossem hoje?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS