ESPAÇO ABERTO: Em apenas seis meses de nova gestão Rondônia já tem prefeito na mira da Justiça

ESPAÇO ABERTO: Em apenas seis meses de nova gestão Rondônia já tem prefeito na mira da Justiça

Foto: Divulgação

EVIDÊNCIA
 
Se manter nos holofotes,  e não importa como, parece ser uma constante na vida da prefeita de Guajará-Mirim, Raissa Bento. Depois de nomear como secretário municipal o marido inelegível, Antônio Bento, Raissa foi denunciada por suposto “furo” na fila de vacina para Covid-19.
 
JUSTIÇA
 
A denúncia anônima foi feita na Primeira Promotoria de Justiça de Guajará-Mirim. A delação foi confirmada pelo gabinete do Promotor de Justiça, Felipe Miguel
de Souza, responsável pelo inquérito.
 
INDECÊNCIA
 
Raissa tem apenas 28 anos de idade e de acordo com os denunciantes não apresenta nenhuma comorbidade, o que torna inviável sua vacinação no momento.
 
CÔNJUGE 
 
Ainda, segundo a denúncia anônima, Raissa teria usado de sua influência como prefeita para agilizar a vacinação do marido, o ex-prefeito Antônio Bento.
 
AGRAVANTE
 
O caso será investigado pelo MP e é mais um B.O na conta de Raissa, que pode perder o mandato, pagar multa e até ser presa, caso venha a ser condenada.
 
DESTAQUE
 
Em seis meses de mandato, alguns prefeitos de Rondônia já estão se familiarizando com a Justiça. Tem um que já responde por suspeita de superfaturamento em contratos referentes à gastos com Covid-19.
 
DESTAQUE 2
 
Um outro, que ocupa cargo importante em uma Associação, contratou com dispensa de licitação, uma Fundação para “Capacitação e Planejamento Institucional” por 700 mil reais.
 
DESTAQUE 3
 
Fiquei sabendo que o mesmo serviço foi oferecido de graça para o município. O caso já está na mão de quem tem obrigação de investigar.
 
DESTAQUE 4
 
Estou com cópias de ambas as situações. Tanto a proposta gratuita como o tal contrato, que inclusive já vem sendo pago, da tal “capacitação miguezenta”. 
 
DESTAQUE 5
 
Olhando a justificativa de contratação, lembrei de um contrato assinado por Mazzaropi no filme “ O Jeca e a Égua Milagrosa”. Uma história de 1980, mas que se encaixaria perfeitamente no encoscorado assinado pelo prefeito em questão.
 
 
COMEMORAÇÃO
 
Entendi como desnecessária a euforia dos trocentos policiais envolvidos nas buscas do foragido Lázaro Barbosa ao jogar o corpo dele dentro de uma ambulância do SAMU.
 
CERCO
 
Até porque, pela quantidade de policiais empenhados na captura, mais de 100, o verdadeiro “troféu” seria usar de estratégia e entregá-lo vivo para à Justiça.  
 
COMPETÊNCIA
 
Se fosse a Polícia de Rondônia envolvida em tal operação, sou capaz de apostar que a PM e o SEVIC da homicídios encurralariam o criminoso de uma maneira que ele seria obrigado a se entregar.
 
ANO QUE VEM
 
Eu já havia antecipado na coluna e ontem, mais uma vez, o Estado reforçou o que vem dizendo há algum tempo. Reajuste para a PM só em 2022.
 
LEI 
 
Além de argumentar que por força de Lei Federal não é possível reajustar salários no período de pandemia, o Governo manteve o índice médio de 25%, com pagamento parcelado, já oferecido aos PMs.
 
RACHA
 
Os policiais, que estão divididos em associações, se mostraram fragmentados frente ao que foi oferecido pelo Governo. Uma parte concorda com a proposta, o restante aguarda manifestações dos PMs de todo o Estado para definir que rumo tomar.  
 
DECISÃO
 
Até o fim da semana todos os líderes do movimento deverão apresentar suas opiniões. Após isso, a categoria se reúne e fecha questão sobre o tema. 
 
 
COERÊNCIA
 
A Via, dona das redes Casas Bahia e Pontofrio, deu um passo a mais na estratégia de integração dos canais digitais e online – varejo costuma chamar isso de omnicanalidade. A partir de agora, os clientes que comprarem pelo app ou site poderão trocar ou devolver os produtos na loja. 
 
RONDÔNIA
 
Algumas lojas no Estado, que também fazem venda pela internet, deveriam seguir esse mesmo exemplo. É uma segurança a mais para quem compra e credibilidade para quem vende.
 
SEM VALOR
 
Autoridades financeiras do México afirmaram ontem que criptomoedas não são ativos legalizados no país, não são considerados como moedas pelas leis atuais e alertaram que instituições que operarem com elas estão sujeitas a sanções.
 
SEM VALOR
 
Aqui em Rondônia, já existe um grupo muito forte de investidores que negociam com criptomoedas. Eu tenho minhas dúvidas quanto à garantia disso, mas alguns amigos garantem que o negócio é muito bom. 
 
VELHO E RENTÁVEL
 
Permaneço achando que o melhor investimento ainda continua sendo imóveis e terrenos. Pode até acontecer de não render uma maravilha, mas nunca se perde com esse tipo de investimento.
 
CHANCE
 
Um estudo divulgado ontem pela Gama Academy mostrou que há oportunidades sobrando para a área digital no Brasil. Só nos próximos três meses, a previsão é de que sejam abertas mais de 20 mil vagas em tecnologia ao redor do país.
Direito ao esquecimento

Qual desses candidatos tem a sua preferência para o Governo de Rondônia?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública.

MAIS NOTÍCIAS

Odontomed EIRELI

Latícinio Band LTDA

E P S Bandeira

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS