ESPAÇO ABERTO: PM herói salva vida de criança engasgada dentro de supermercado

ESPAÇO ABERTO: PM herói salva vida de criança engasgada dentro de supermercado

Foto: Divulgação

VIRALIZOU
 
Um vídeo mostrando um policial militar salvando uma criança de pouco mais de um ano dentro de um supermercado, em Vilhena, viralizou em grupos no WhatsApp. A atitude emocionou quem acompanhou o drama da criança.
 
COMPRAS
 
Era meio-dia de sexta-feira, 18, quando o Cabo do PATAMO, Geraldo Magela Alves Cordeiro Júnior, que estava fazendo compras no estabelecimento, percebeu gritos e correria. Magela até pensou se tratar de um assalto.
 
AÇÃO
 
Ao se preparar para avaliar a situação, o Cabo viu uma mulher desesperada com o filho no colo tentando desengasgar a criança após ter engolido uma bala.
 
AJUDA
 
Desesperadas com a situação, as atendentes de caixa não sabiam como reagir e um funcionário, que conhecia  o “Cabo Magela”, pediu socorro. Aliviado por constatar que não se tratava de um assalto,  o policial correu até a mãe da criança.
 
CONHECIMENTO 
 
Mantendo a calma, o PM de 34 anos, dez deles na corporação, pegou o garotinho, virou a cabeça dele para baixo e deu alguns tapinhas nas costas. A bala saiu da boca da criança que não estava conseguindo respirar.
 
PÂNICO
 
A mãe do menino ficou tão nervosa, que mesmo após ver o filho salvo pela ação do policial, precisou ser amparada e atendida com calmantes.
 
 
RECENTE
 
Em entrevista ao site Folha do Sul,  o cabo Magela disse que três meses atrás, o próprio filho dele, com menos de 03 anos, engoliu uma espuma de silicone e foi salvo através do mesmo procedimento.
 
QUALIFICAÇÃO
 
O militar recebeu agradecimentos da mãe do menino e da direção do supermercado, que informou que dará cursos para os funcionários aprenderem a lidar com esse tipo de situação.
 
OVAÇÃO
 
Como sei que o coronel Almeida, comandante da PM/RO, é leitor da coluna, não tenho nenhuma dúvida do reconhecimento que o mesmo fará para o cabo Magela. São exemplos como esse que engrandecem a corporação. Parabéns também aos diretores do supermercado pelo anúncio do curso aos funcionários.
 
 
POSTURA
 
Formandos de medicina da UNIR deixaram muito claro, no sábado pela manhã, o que pensam e como pretendem desenvolver suas atividades no começo de carreira.
 
 
REDUNDANTE
 
Parece tão óbvio o pensamento destes jovens, mas infelizmente no momento em que vivemos quem pensa diferente é jogado num balaio. Não é de gatos, pois os bichinhos não tem nada a ver com isso. 
 
 
 
PEGOU MAL
 
O Decreto do Governo liberando eventos para até 999 pessoas foi muito mal recebido por várias entidades organizadas de Rondônia. Comerciantes e empresários comentaram, reservadamente,  a doidaria do Estado.
 
ASSOCIAÇÃO
 
Um comerciante bastante conhecido na capital, que pediu para não ser identificado, disse que as notícias pelo Planeta são de uma terceira onda de coronavírus em breve. “ Será que ninguém no Governo tem um mínimo de lucidez para dizer ao Marcos Rocha que o ano de 2021 ainda deve ser de cautela e de pessoas distantes socialmente”, pergunta o comerciante.
 
MANIFESTAÇÃO
 
Ainda na sexta-feira, o prefeito Hildon Chaves deu entrevista em uma TV local e voltou a chamar de bizarro o Novo Decreto do Governo. Disse que os advogados do município já estavam trabalhando em uma reedição do Decreto para Porto Velho
 
MEDO
 
Hildon enfatizou de que ainda está muito presente na vida das pessoas o erro do fim do ano passado. Afirmou de que fará todos os esforços possíveis para que as UTIs não voltem a lotar e deixar pessoas em fila de espera.
 
SEM AUTORIZAÇÃO
 
Foi taxativo. Grandes eventos com muita concentração de público, boates e danceterias vão estar suspensos. Afirmou que tão logo o Estado anunciou a “liberação geral para 999 pessoas” promotores de eventos entraram na prefeitura com pedido de autorização para shows. Hildon mandou negar todos.
 
MAIS PREFEITURAS
 
Hildon Chaves argumentou que outros municípios de Rondônia devem adotar a mesma postura. “ Quem não fizer isso, pode ter que daqui a 30, 40 dias fechar tudo de novo”, argumentou Chaves na entrevista.
 
PERMISSÃO
 
O Prefeito finalizou dizendo que pretende permitir que bares e restaurantes possam estender o horário de atendimento até uma da manhã, inclusive com venda de bebida alcoólica. Mas frisou que isso será fiscalizado. 
 
FISCALIZAÇÃO
 
Hildon Chaves disse ainda que os fiscais vão estar nas ruas fiscalizando e com ajuda da PM. Esclareceu que não tem nenhum receio quanto ao apoio, pois a Polícia Militar é do Estado e quando requisitada tem obrigação de atender.
 
ECO
 
O barulho de Hildon Chaves fez o Ministério Público de Rondônia e o Ministério Público Federal assinarem em conjunto, no fim de semana, uma recomendação ao Governo do Estado para que volte atrás na liberação de eventos de grande porte.
 
PONTUAL
 
O MP e MPF querem que o artigo 4°, que libera eventos com até 999 pessoas seja excluído do decreto. Também na recomendação, em eventos de menor porte, como jantares, casamentos, entre outros, o Governo deve regulamentar a quantidade de pessoas de forma proporcional ao tamanho do local onde o evento será
realizado, nunca ultrapassando, segundo os órgãos, o limite de 150 pessoas. 
 
RESPOSTA
 
O Governo do Estado deve atender os pedidos para evitar que o governador Marcos Rocha responda Ação Civil Pública (ACP) caso haja de forma oposta à recomendação expedida pelos órgãos de fiscalização. O Governo de Rondônia tem dez dias para se manifestar oficialmente.
Direito ao esquecimento

Qual desses candidatos tem a sua preferência para o Governo de Rondônia?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública.

MAIS NOTÍCIAS

Odontomed EIRELI

Latícinio Band LTDA

E P S Bandeira

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS