BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

ESPAÇO ABERTO: Secretário de Agricultura invade rádio e discute com apresentador

Confira a coluna de Cícero Moura

CÍCERO MOURA/RONDONIAOVIVO

14 de Agosto de 2020 às 08:17

Atualizada em : 14 de Agosto de 2020 às 14:40

Foto: Divulgação

ACABOU A AMIZADE
 
Durante visita ao município de Jaru o Secretário Estadual de Agricultura, Evandro Padovani, bateu boca com apresentador de rádio Roni Freitas. Os dois trabalharam juntos no governo Confúcio.
 
FOI PEDIR DIREITO DE RESPOSTA
 
A confusão aconteceu nos estúdios da rádio Planalto, na manhã desta quinta-feira,13. Em visita ao município, o titular da Seagri foi acusado de invadir a rádio Planalto para tirar satisfações com o apresentador Roni, que teria criticado o trabalho de Padovani à frente da Secretaria de Agricultura. 
 
POR UM FIO
 
Houve confusão, bate-boca e a PM teve quer chamada. Padovani disse que foi até a rádio para pedir direito de resposta já que teria se sentido ofendido com as críticas do apresentador.
 
 
NA JUSTIÇA
 
Tanto o radialista como o Secretário prometeram entrar na justiça para fazer valer seus direitos. Roni disse que foi ameaçado e Padovani alega ter sido vítima de informação mentirosa divulgada pelo radialista.
 
OPINIÃO
 
Qualquer veículo de comunicação tem por dever, e por ética, ceder espaço para pessoas públicas ou não que se sentirem ofendidas mediante a divulgação de notícia considerada ofensiva. Mesmo que o noticiador tenha razão ao relatar um fato é obrigação moral ouvir o outro lado. 
 
OPINIÃO
 
Também cabe ressaltar que o secretário Padovani, ou qualquer outra pessoa, não tem direito de invadir uma empresa de comunicação para tirar satisfações. Se houve ofensa e o ofendido não teve possibilidade de se defender, cabe acionar a justiça para fazer valer seu direito.
 
NADA CONFIRMADO
 
O PSDB adiou a entrevista coletiva marcada para ontem, não divulgou nova data e a possibilidade de Hildon Chaves concorrer à reeleição ainda permanece no ar. Aliás, não houve explicação sobre o cancelamento da entrevista e o partido também não agendou nova data para tratar do assunto.
 
SEM ÁGUA
 
Moradores do bairro Aponiã, zona Leste de Porto Velho, escreveram para a coluna reclamando que estão sem água desde domingo. O problema estaria acontecendo principalmente na rua Eurico Caruso, próximo ao posto de saúde. 
 
 
AJUDA
 
A população informa ainda que já teria ligado para a Caerd pedindo explicações sobre o desabastecimento. A empresa não teria informado qual o problema que está ocorrendo.
 
APOIO
 
Os moradores dizem que nem mesmo um carro pipa foi enviado para amenizar o problema da falta de água.  
 
OUTRO LADO
 
O presidente da Caerd, José Irineu, informou que a empresa já está trabalhando no bairro para resolver o problema. Segundo Irineu, além da rua Eurico Caruso outras seis ruas passam pela mesma situação.
 
OUTRO LADO 2
 
O presidente da Caerd informou ainda que quer acabar de vez com a solução provisória do carro pipa nas ruas do Aponiã. Irineu prometeu abastecer a região com água do sistema operacional e de forma definitiva.
 
OUTRO LADO 3
 
José Irineu disse também que técnicos da Caerd  identificaram uma rua na avenida Mamoré que foi recapeada e isso pode ter agravado o problema na região que acabou se estendo para outros lugares.
 
INDÍGENAS
 
A Casa de Saúde Indígena ( CASAI ), de Cacoal, que atende mais de 2,6 mil indígenas, de nove diferentes etnias, teve que aumentar sua estrutura para prestar assistência médica aos indígenas contaminados com a Covid-19. Os 29 leitos existentes no local não foram suficientes para atender a demanda.
 
PARLAMENTAR
 
Para atender de imediato os índios doentes, o deputado Cirone Deiró conseguiu com o governo o prédio do Crepad que foi destinado para funcionar como uma extensão dos serviços da Casa de Saúde Indígena- CASAI de Cacoal. 
 
 
ESTRUTURA
 
Os Crepads foram construídos no governo Confúcio Moura. As estruturas são para atender demandas na saúde. De acordo com o deputado Cirone, o local não estava sendo usado e agora vai beneficiar a comunidade indígena de Cacoal.
 
USO EXCLUSIVO
 
No local funcionará o atendimento exclusivamente aos indígenas diagnosticados e em tratamento da Covid. “Todas as medidas de prevenção e tratamento que estão sendo adotadas na rede pública de saúde, também deverão ser adotadas nessa unidade que atenderá os povos indígenas de Cacoal e região”, informou Cirone.
 
ESTÁDIO EM GUAJARÁ
 
O deputado Dr. Neidson tem “feito plantão” na Superintendência Estadual da Juventude, Cultura, Esporte e Lazer (Sejucel). O deputado solicitou ao órgão ampliação de metas do estádio João Saldanha junto à Caixa Econômica Federal.
 
 
OBRA
 
Para o novo estádio já foram empenhados cerca R$ 2,288.812,55 milhões, e desse total está sobrando aproximadamente R$ 1,2 milhão. Esse recurso, caso seja ampliada a meta da obra, pode ser utilizado em outros serviços de recuperação do João Saldanha”, explicou Dr. Neidson.
 
COMPROMISSO
 
Em resposta, a Sejucel teria se comprometido a encaminhar os documentos necessários para a Seosp realizar a ampliação de metas e posteriormente, apresentar para a Caixa Econômica Federal.
 
HOMENAGEM
 
O SENAI de Rondônia recebeu agradecimentos do Governo Federal pela iniciativa da cadeia voluntária + manutenção que auxiliou na manutenção de ventiladores pulmonares. Até agora, a Rede Nacional do +Manutenção ultrapassou a marca de 2 mil equipamentos recuperados e entregues aos serviços de saúde.
 
NO ESTADO 
 
Em Rondônia, o SENAI, em parceria com a Termonorte e Energisa se uniu para promover reparos nestes aparelhos. De acordo com o coordenador de Soluções em Tecnologia e Inovação STI-SENAI Rondônia, José Rafael Nascimento Lopes, apesar de pouca demanda de equipamentos em manutenção, foi garantido o conserto dos aparelhos que em breve serão devolvidos e em funcionamento, para a rede de saúde pública, graças a rede nacional do SENAI.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS