DOCUMENTÁRIO: Filmado em Rondônia, o longa 'O Território' estreia na quinta(08) nos cinemas

O longa, parcialmente filmado pelo povo Uru-Eu-Wau-Wau, vem ganhando o mundo ao mostrar as invasões às terras indígenas.

DOCUMENTÁRIO: Filmado em Rondônia, o longa 'O Território' estreia na quinta(08) nos cinemas

Foto: Divulgação

Vencedor de dois prêmios em Sundance este ano, filme “O Território“, filmado em Rondônia e com direção de Alex Pritz, o documentário, depois de passar por festivais internacionais, chega aos cinemas nesta quinta-feira,8/9. A produção executiva é da ativista Txai Suruí. A duração é de 80 minutos.

 

O longa, parcialmente filmado pelo povo Uru-Eu-Wau-Wau, vem ganhando o mundo ao mostrar as invasões às terras indígenas.

 

 


Produzido pelo cineasta indicado ao Oscar® Darren Aronofsky, pelo indicado ao Oscar® e vencedor do Emmy Sigrid Dyekjær (“A Caverna”), Will N. Miller, Gabriel Uchida, Lizzie Gillett e Pritz, com produção executiva da ativista Txai Suruí, com trilha sonora original de Katya Mihailova e edição de Carlos Rojas Felice, o filme é uma coprodução com a comunidade indígena Uru-eu-wau-wau.

 

Prêmios internacionais

 

Vencedor de mais de dez prêmios internacionais, Certified Fresh no Rotten Tomatoes com 95% de aprovação da crítica, “O Território”, fornece um olhar imersivo sobre a luta incansável dos povos indígenas Uru-Eu-Wau-Wau da Amazônia contra o desmatamento invasor trazido por agricultores e colonos ilegais. Com uma cinematografia inspiradora mostrando a paisagem e um design de som ricamente texturizado, o filme leva o público para dentro da comunidade Uru-Eu-Wau-Wau e oferece acesso sem precedentes aos agricultores e colonos que queimam e desmatam ilegalmente a terra indígena protegida.

 

Parcialmente filmado pelo povo Uru-Eu-Wau-Wau, o filme se baseia em imagens reais capturadas ao longo de três anos, enquanto a comunidade arrisca suas vidas para montar sua própria equipe de mídia na esperança de expor a verdade.

 

“Este filme apresenta uma realidade que precisa ser exposta. Estamos felizes com a relevância e o alcance que essa produção está adquirindo”, comenta Alex Pritz. “Em todos os lugares onde levamos ‘O Território’, todos foram impactados e se sensibilizaram pela situação que os Uru-eu-wau-wau vivenciam. Tenho certeza que, em sua estreia no Brasil, o efeito do filme será maior e mais poderoso ainda”, declara o diretor.

 

“Todo barulho que estamos conseguindo fazer com o filme mostra que estamos superando uma herança de apagamento e marginalização. Nós já estávamos registrando nossa vida e nosso cotidiano para nos preservar, e agora estamos fazendo estas imagens e essa história chegarem a lugares que nem imaginávamos poder alcançar”, declara Bitaté Uru-eu-wau-wau, o jovem líder do Uru-eu-wau-wau em “O Território”.

 

O filme, que teve seu lançamento mundial na competição World Cinema em Sundance 2022, ganhou o Prêmio do Público e o Prêmio Especial do Júri, tornando-o o único filme do evento a ganhar prêmios do público e do júri.

 

Uru-eu-wau-wau

 

“O Território” fornece um olhar imersivo sobre a luta incansável do povo indígena Uru-eu-wau-wau contra o desmatamento trazido por posseiros, grileiros, garimpeiros e outros invasores de terras na Amazônia brasileira.

 

Nas aldeias Uru-eu-wau-wau há menos de 200 pessoas, incluindo idosos e crianças, para defender quase 1.867,117 hectares de floresta tropical. Nos limites do território demarcado, uma rede de agricultores se organiza para alcançar suas reivindicações através de meios legais, enquanto grileiros começam a desmatar trechos de floresta tropical por conta própria.

 

Com a sobrevivência da comunidade em jogo, Bitaté Uru-eu-wau-wau e Neidinha Bandeira — um jovem líder indígena e sua mentora — devem encontrar novas maneiras de proteger a floresta tropical de invasores. Mas, em vez de depender de outros para contar sua história, os Uru-eu-wau-wau assumem o controle da narrativa e criam sua própria equipe de mídia para trazer a verdade ao mundo.

 

Confira os prêmios de “O Território”:

 

Festival Sundance de Cinema (EUA)
Prêmio do Público de Documentário na categoria internacional
Prêmio Especial do Júri de Obra Documental
CPH:DOX (Dinamarca)
Menção especial na categoria F:ACT
Filmes que Importam (Holanda)
Prêmio de Documentário Ativista
Festival de Cinema Ambiental da Filadélfia (EUA)
Prêmio do Público
Festival Internacional de Filmes sobre Vida Selvagem (EUA)
Prêmio de Melhor Filme;
Prêmio na categoria Melhor Planeta Sustentável.
Festival de Filmes True/False (EUA)
Prêmio na categoria Fundo da Vida Real
Festival Internacional de Filmes de Seattle
Prêmio Golden Space Needle de Melhor Documentário
Prêmio DocsBarcelona
Anistia Internacional da Catalunha
Prêmio MountainFilm
Prêmio Moving Mountains
Festival de Filmes de Provincetown (EUA)
Prêmio de Documentário John Schlesinger
Sheffield DocFest (UK)
Prêmio Tim Hetherington; Menção do Júri
Festival Internacional de Cine Medioambiental de Canarias (FICMEC)
Melhor Documentário.


Ficha Técnica

 

“O Território”

(Brasil/Dinamarca/Estados Unidos, 2022)

 

Documentário

 

Direção: Alex Pritz

Produção: Darren Aronofsky, Sigrid Dyekjær, Will N. Miller, Gabriel Uchida, Lizzie Gillett, Alex Pritz

Produção executiva: Carolyn Bernstein, Ari Handel, Brendan Naylor, Dylan Golden, Txai Suruí, Tejubi Uru-eu-wau-wau, Potei Uru-eu-wau-wau, Jack Weisman, Danfung Dennis, Alexandra Johnes, Rebecca Teitel, Loren Hammonds, Bryn Mooser, Kathryn Everett, Justin Lacob, Rafael Georges, Felipe Estefan, Andrew Ruhemann, Romain Bessi, Philippe Levasseur

Sound Design: Rune Klausen, Peter Albrechtsen MPSE

Trilha Sonora: Katya Mihailova

Fotografia: Alex Pritz e Tangãi Uru-Eu-Wau-Wau

Edição: Carlos Rojas Felice

 

Fonte: Blog da Luciana Oliveira/ Tribuna Popular

Direito ao esquecimento

Você já decidiu em quem votar para deputado(a) estadual, federal, senador(a) e presidente?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS