FLOR DO MARACUJÁ: Pesquisa cataloga principais características culturais do festival

O trabalho está sendo desenvolvido pela professora Ivete de Aquino Freire, doutora em Sociedade e Culturas Contemporâneas, e pelo comunicador Juraci Júnior e a professora Ivete de

FLOR DO MARACUJÁ: Pesquisa cataloga principais características culturais do   festival

Foto: Divulgação

Projeto de pesquisa cataloga principais características culturais e artísticas de um das maiores festas populares da região Norte, o Arraial Flor do Maracujá. Todos os anos, dezenas de grupos de quadrilhas e bois-bumbás de Porto Velho se preparam para o grande concurso de coreografias e toadas, principal atração do festival, que reúne ainda grande diversidade de comidas e bebidas típicas de várias regiões do país.

 

Desde janeiro, o comunicador Juraci Júnior e a professora Ivete de Aquino Freire, doutora em Sociedade e Culturas Contemporâneas, se debruçam em pesquisas e entrevistas com historiadores, representantes de grupos folclóricos e moradores do entorno das sedes destes grupos a fim de entender a origem do festival, as influências de outras festividades, processo de criação das narrativas das quadrilhas e bois-bumbás de acordo com a temática de cada ano, símbolos, entre outros elementos.

 

 

O Flor do Maracujá completaria 38 anos de realização, entretanto, por conta da pandemia do novo coronavírus, há dois sua programação está suspensa. A primeira edição foi realizada em 1983. Para Juraci Júnior, a pesquisa é um mergulho técnico na cultura popular porto-velhense e tem como objetivo principal respeitar o saber popular e destacar o protagonismo dos personagens responsáveis por manter a tradição viva. 

 

Seminário

 

 A análise dos dados coletados durante o trabalho foi apresentada pelos pesquisadores nesta sexta-feira,23/4, em seminário online, que ainda se encontra disponível à população no canal do Youtube do Jaraci Junior.

 

Lei Aldir Blanc

 

O projeto de pesquisa “Flor do Maracujá: o Saber Popular no Coração do Porto-velhense” foi contemplado no Edital nº 83/2020/SEJUCEL- CODEC - 1° Edição Alejandro Bedotti do Edital de Chamamento Público de Fomento à Cultura para Pesquisa e Desenvolvimento de Expressões Culturais. Lei Federal 14.017/2020 - Lei Aldir Blanc.

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS