BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

TEATRO RUANTE: ‘Gritos do Cotidiano - rompendo estruturas’ aborda casos de violência durante a quarentena

Serão sete apresentações artísticas, realizadas em três dias pelos canais de Facebook e YouTube do Teatro Ruante

Rondoniaovivo - edição

19 de Fevereiro de 2021 às 07:57

Atualizada em : 19 de Fevereiro de 2021 às 14:50

Foto: Divulgação

A necessidade de isolamento social em decorrência da pandemia do Coronavírus atingiu milhões de pessoas em todo o mundo, porém essa quarentena trouxe um grande aumento de casos de violências de diversos tipos.

 

O projeto Gritos do Cotidiano – rompendo estruturas, visa expor, por meio de apresentações artísticas, algumas das formas de violências cotidianas sofridas por pessoas em vulnerabilidade social e os demais cidadãos e cidadãs.

 

Além da exibição dos vídeos artísticos, haverá debates ao vivo com os artistas para que possam abordar os processos de criação e compartilhar com público suas visões acerca dos temas tratados nas obras.

 

Serão sete apresentações artísticas, realizadas em três dias pelos canais de Facebook e YouTube do Teatro Ruante. A programação, sempre das 19h às 20h (horário de Rondônia), contará com a mediação da produtora cultural Andressa Batista e a programação terá acessibilidade – vídeos legendados e intérprete de Libras nos debates.

 

Sobre a produtora do evento

 

Stephanie Matos é atriz, encenadora, produtora e graduanda do Curso de Licenciatura em Teatro da Universidade Federal de Rondônia (UNIR). É integrante dos seguintes grupos: Cia Peripécias, Teatro Ruante e Trupe dos Conspiradores; é membro do Grupo de Pesquisa PAKY'OP, do Curso de Teatro da UNIR.

 

Foi bolsista do Programa de Extensão DArtes [em]Cena: teatro, política e sociedade do Departamento de Artes da UNIR (2019 -2020). Como atriz, atua e atuou nos espetáculos Inimigos do Povo (Trupe dos Conspiradores; Desesperança (Teatro de Rua I da UNIR em 2019 e Cidade Grande João Ninguém da Cia Peripécias. É diretora do espetáculo Ela, Aquela e a Outra. Na área de eventos, fez parte da equipe de produção da I e II Mostra de Encenações do DArtes/UNIR.

 

Edital Sejucel – Lei Aldir Blanc

 

O projeto foi contemplado no Edital nº 77/2020/Sejucel (1ª Edição Mary Cyanne do Edital de Chamamento Público de Fomento à Cultura e à Produção Artístico-Cultural para Transmissões ao Vivo/Gravadas – Eixo D),

 

Programação gratuita

 

Data: 26/02

 

Obra: [O] QUE (M) te sufoca?

Artista: Stephanie Matos

Obra: (Des)velando

Artista: Selma Pavanelli

 Obra: A Feira está montada

Artista: Jamile Soares

 

Data: 27/02

 

Obra: Café Preto

Artista: Maycon Moura

Obra: Avesso

Artistas: Ádamo Teixeira (Atuação); Jamile Soares (Diretora); Gabriel Corvalan (Assistente de direção)

 

Data: 28/02

 

Obra: Vácuo

Artista: Andressa Silva

Obra: Das Dores

Artistas: Taiane Sales (Atuação); Luciano Oliveira (Direção).

 

Mediação: Andressa Batista

 

Canais de exibição: YouTube (https://bit.ly/2ZdYO14) e (https://bit.ly/3rRBGlf)

 

Informações: (69) 98425-6408

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS