BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

CINEMA: Acompanhe neste final de semana a programação da Mostra Ecofalante

A transmissão terá interpretação em Libras e acontecerá nas páginas da Mostra Ecofalante no Facebook e no Youtube

Rondoniaovivo - edição

29 de Agosto de 2020 às 08:22

Atualizada em : 29 de Agosto de 2020 às 10:33

Foto: Divulgação

A 9ª Mostra Ecofalante de Cinema, que acontece até o dia 20 de setembro de forma totalmente online e gratuita, traz 98 filmes de 24 países, além de 8 debates com convidados especiais e entrevistas exclusivas com cineastas. 

A programação deste fim de semana conta com um debate sobre Trabalho no sábado e muitos filmes.

 

Neste sábado,29/8, às 19h, terá o debate “Aceleração da Precarização e Sinais de Resistência”, que contará com a presença de Vanessa Patriota (procuradora do Ministério Público do Trabalho de Pernambuco), dos sociólogos Túlio Custódio e Ludmila Costhek Abílio e mediação do jornalista Carlos Juliano Barros.

 

A transmissão terá interpretação em Libras e acontecerá nas páginas da Mostra Ecofalante no Facebook e no Youtube. O filme “Botando pra Quebrar”, que estreou nesta sexta,  será o ponto de partida do debate.

 

Ainda neste sábado, às 15h, estreia no Panorama Internacional Contemporâneo “Indústria Russa”, de Petr Horky, uma sátira espirituosa que vê uma fábrica de automóveis e uma das maiores empresas estatais russa como um microcosmo da sociedade daquele país.

 

Já na Competição Latino-Americana, os curtas brasileiros Resplendor, de Claudia Nunes e Erico Rassi, e Nove Águas, de Gabriel Martins e Quilombo dos Marques, voltam para uma segunda exibição na 9ª Mostra. Os três filmes ficam disponíveis por dois dias.

 

Os curtas “O Fogo Que Vimos”, de Pilar Condomí e Candelaria Gutierrez, e “Por Trás da Cortina Verde”, de Caio Silva Ferraz e Paulo Plá, ficam disponíveis até às 15h.

 

Já neste domingo,30/8,às 15h, o Panorama Internacional Contemporâneo conta com a estreia de A Baleia de Lorino. O filme, que ficará disponível por três dias, é um média-metragem polonês inédito no Brasil com direção de Maciej Cuske que se passa numa região remota do extremo nordeste da Sibéria, onde as baleias ameaçadas de extinção ainda são caçadas, não apenas por uma questão de tradição, mas também por necessidade.

 

Na Competição Latino-Americana, voltam para mais dois dias de exibição os curtas “Liberdade”, de Pedro Nishi e Vinícius Silva, Nova Iorque, Mais Uma Cidade, de André Lopes e Joana Brandão, e O Levante dos Andes – A Cidade-tampão que se Reinventa Através da Arquitetura, de Bernardo Villagra Meruvia.

 

O longa “Os Despossuídos” fica disponível até às 15h. Dirigida por Mathieu Roy como um misto de cinéma vérité e ensaio audiovisual, a coprodução Canadá/Suíça promove uma jornada impressionista que nos revela, em uma era de agricultura industrializada, a luta diária da classe camponesa faminta.

 

A programação completa da 9ª Mostra Ecofalante de Cinema pode ser acessada neste link folder interativo

 

Acompanhe a Mostra Ecofalante pelas redes sociais:

facebook.com/mostraecofalante

twitter.com/MostraEco

instagram.com/mostraecofalante

youtube.com/mostraecofalante

 

Apoio

 

Uma apresentação do Ministério do Turismo, Secretaria Especial da Cultura, do Governo do Estado de São Paulo – por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa – e da Ecofalante, a Mostra Ecofalante de Cinema é viabilizada através da Lei de Incentivo à Cultura e do Programa de Apoio à Cultura (ProAC). Tem patrocínio do Mercado Livre, da Spcine e da Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo, e apoio da White Martins, Kimberly Clark e Pepsico. É uma produção da Doc & Outras Coisas e co-produção da Química Cultural. A realização é da Ecofalante, do Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa, do Ministério do Turismo e do Governo Federal.

 

Fonte: Mostra Ecofalante

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS