DESVANTAGEM: Provas do concurso da Polícia Federal para delegado atrasam em Rondônia

O motivo do atraso para a entrega das provas em alguns locais ainda não foi esclarecido

DESVANTAGEM: Provas do concurso da Polícia Federal para delegado atrasam em Rondônia

Foto: Divulgação

O concurso para delegado da Polícia Federal que está marcado para acontecer nesse domingo(23), às 08 horas, em todo o país não ocorreu de forma tranquila em Rondônia, como aconteceu em outros estados.

 

Muitos concorrentes ao cargo relataram nas redes sociais que, até às 10h, alguns locais do concurso não tinham recebido as provas e seguiam sem ter iniciado a primeira etapa. Eles disseram que nem as embalagens para guardar os aparelhos de celular e seus pertences foram entregues. Esses candidatos precisarão voltar à tarde para a realização das provas discursivas.

 

Outros relataram que iniciaram a prova com duas horas de atraso, enquanto alguns candidatos em outros estados já se dispersavam.

 

Para delegado, a prova objetiva começa às 8h, com duração de três horas e meia. A etapa discursiva tem duração de cinco horas e se inicia às 15h. Os portões dos locais serão abertos duas horas antes do início das provas.

 

 

No site do Cebraspe, banca responsável pela organização do certame, não havia qualquer informação sobre os problemas em relação as provas realizadas em Rondônia.

 

O concurso PF está oferecendo 1.500 vagas distribuídas entre os cargos de delegado, escrivão, agente e papiloscopista, cujos salários vão de R$ 12 mil até R$ 23 mil. Em 2022, mais 500 excedentes poderão ser convocados. São mais de 321 mil candidatos inscritos na Polícia Federal.

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS