BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

RETORNO: Temporários do INSS devem ser convocados a partir de junho

“assim que acabar o processo, eles vão fazer curso à distância para se atualizarem em relação à legislação e aos nossos sistemas. Terminando esse curso já começarão a trabalhar”

estratégia concurso

26 de Maio de 2020 às 10:08

Foto: Divulgação

 

Temporários do INSS devem ser convocados a partir de junho
ESTRATÉGIA CONCURSOS - Os candidatos do Processo Seletivo Temporário do INSS devem começar a ser convocados já a partir do próximo mês. A informação foi confirmada pelo presidente do órgão, Leonardo Rolim, em entrevista ao jornal EXTRA.
 
O PSS publicado no final de abril é dividido em dois grupos. Um deles, o de aposentados do órgão, vai ficar responsável pela análise dos benefícios. Esse trabalho será feito inteiramente via home office.
 
Segundo Rolim, “assim que acabar o processo, eles vão fazer curso à distância para se atualizarem em relação à legislação e aos nossos sistemas. Terminando esse curso já começarão a trabalhar”.
 
Quanto ao outro grupo, formado por militares e aposentados de outros órgãos, o presidente do Instituto disse que o treinamento será feito parcialmente nas agências, de forma presencial. Neste caso, a convocação vai depender da abertura das agências, prevista inicialmente para o dia 19 de junho.
 
Entretanto, uma retificação no cronograma prevê o início das atividades do grupo 1 já no início do mês, no dia 08. Para o segundo grupo, a previsão de início é para 22 de junho.
 
Cronograma retificado
 
O edital visa ofertar 7.400 vagas para servidores que irão atuar no INSS, no atendimento e serviços administrativos e na concessão e revisão de benefícios. Os outros 830 vão desempenhar atividades diversas no Ministério da Economia. Para essas mais de 8 mil vagas, foram registrados 17.277 inscritos.
 
Edital Nº 01 – Resultado Preliminar do Processo Seletivo
Resultado Preliminar – Anexo I: Total de candidatos
Resultado Preliminar – Anexo II: Candidatos habilitados
Esse processo seletivo é uma medida paliativa enquanto o órgão não realiza um novo concurso público. Com mais de 21 mil cargos vagos, espera-se que um novo certame seja realizado ao fim do contrato desses temporários.
 
Em contato recente com o INSS, fomos informados que até o momento não foi protocolada solicitação de concurso público junto ao Governo Federal em 2020. Entretanto, estudos estão sendo realizados nesse sentido, considerando o cenário atual do INSS.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS