FILHO 02: Carlos Bolsonaro é citado como chefe de organização criminosa por juiz do Rio

Filho do presidente da República citado nominalmente como o chefe de esquema de corrupção

FILHO 02: Carlos Bolsonaro é citado como chefe de organização criminosa por juiz do Rio

Foto: Divulgação

O juiz Marcello Rubioli, da 1ª Vara Criminal Especializada do TJ-RJ (Tribunal de Justiça do Rio) autorizou a quebra de sigilos bancário e fiscal do vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ), pois a investigação das rachadinhas verificou que “Carlos Nantes [Bolsonaro] é citado diretamente como o chefe da organização”.
 
Carlos Bolsonaro é citado como chefe de organização criminosa por juiz do Rio
 
A rachadinha é forma de corrupção com nome “fofo”, que se caracteriza pela devolução parcial ou total de salários de assessores pagos com dinheiro público e pela nomeação de “funcionários fantasmas”.
 
Ainda na decisão de Rubioli, divulgada por Juliana Dal Piva, colunista do UOL, lê-se que há “indícios rotundos de atividade criminosa em regime organizado.”
 
A suspeita do Ministério Público é que o crime aconteça desde o primeiro mandato de Carlos Bolsonaro na Câmara do Rio, no ano de 2001.
 
Outras suspeitas já envolveram também o irmão Flávio Bolsonaro, quando o atual senador do Republicanos era deputado estadual pelo Rio de Janeiro (2003-2019), e o gabinete do pai, o presidente Jair Bolsonaro, quando exercia a função de deputado federal (1991-2019).
 
Justiça do Rio quebra sigilos fiscal e bancário de Carlos Bolsonaro devido à investigação das “rachadinhas”
O MP também pediu a quebra de sigilo de Fabrício Queiroz, ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro, mas o juiz não autorizou.
 
Ex-funcionário acusou ex-mulher de Bolsonaro
 
Marcelo dos Santos acusou Ana Cristina Valle, ex-mulher de Bolsonaro, de ter ficado com 80% de seu salário e de outros funcionários. A denúncia foi verbalizada pela primeira vez em entrevista ao jornalista Guilherme Amado, do portal Metrópoles.
 
Segundo Marcelo, Ana Cristina Valle era a pessoa comandava o esquema de rachadinha no gabinete do então deputado estadual e atual senador, Flávio Bolsonaro. Ele e o outro irmão Carlos Bolsonaro, vereador no Rio de Janeiro, estão sendo investigados pelos supostos esquemas.
Direito ao esquecimento

Qual dos deputados federais de Rondônia, você considera mais atuante no Congresso Nacional?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública.

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS