BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

PREOCUPANTE: Idosa mordida por raposa contrai raiva humana e morre

A raiva pode ser transmitida pela saliva dos mamíferos infectados por meio da mordida, arranhadura ou lambedura desses animais

ISTO É

15 de Julho de 2020 às 10:35

Foto: Divulgação

 

Uma mulher, de 68 anos, morreu na última segunda-feira (13), após ser mordida por raposa e ser diagnosticada com raiva humana. Internada no hospital Universitário Lauro Wanderley em João Pessoa, na Paraíba, desde o último dia 10 de junho, a morte da idosa foi confirmada pela assessoria da unidade.

 

Conforme apuração do G1, a Secretaria Estadual de Saúde informou que o estado não apresentava casos da doença há cinco anos.

 
 
Ainda de acordo com a secretaria, a mulher foi mordida pela raposa no último dia 8 de abril. Socorrida, ela foi levada para uma unidade de saúde. Quase um mês depois, a vítima precisou de um novo atendimento.
 
Após apresentar sintomas da raiva humana, a idosa teve que ser transferida para a unidade universitária, a qual é referência no tratamento da doença.
 
A SES-PB disse que a raiva pode ser transmitida pela saliva dos mamíferos infectados por meio da mordida, arranhadura ou lambedura desses animais.
 
 
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS