PROTEÇÃO: Programa visa ampliar segurança nas áreas rurais de Rondônia

Implementação da Plataforma de Segurança Rural está sendo realizada em dez etapas

PROTEÇÃO: Programa visa ampliar segurança nas áreas rurais de Rondônia

Foto: Divulgação

O Governo do Estado de Rondônia, por meio da Secretária de Estado da Segurança, Defesa e Cidadania – Sesdec, lançou o Programa de Segurança Rural. A política pública inovadora tem como objetivo levar à população do campo a segurança necessária para proteger as famílias e desenvolver o agronegócio rondoniense.
 
O programa faz parte do Plano Estratégico do Executivo Estadual. O mapa de violência no campo e o georreferenciamento visam combater os crimes na zona rural de todo o Estado. Os estudos de implementação revelaram que dada as características do campo rondoniense, era necessário construir uma solução mais complexa, que além do mapeamento dos crimes, fosse um modelo de solução considerando as características sociais e econômicas do campo.
 
Assim, o Governo do Estado amplia os canais de informações sobre demandas da sociedade quanto a risco, vitimização e segurança dos seus cidadãos. A implementação está sendo realizada em 10 etapas, começando por reuniões com os proprietários, formação de grupos utilizando aplicativos de celular integrado as redes sociais e migração progressiva para o aplicativo RRAPP, passando depois pelo cadastramento das propriedades e itens de risco, georreferenciamento, entre outras fases até chegar na construção das rotas inteligentes de patrulhamento e botão de emergência para os proprietários rurais.
 
O programa está sendo implementado em 3 áreas piloto dentro do CRP-1 (Comando Regional de Polícia – 1) que abrange as localidades: Candeias do Jamari, distrito de Triunfo e Itapuã do Oeste. Vem sendo realizadas reuniões presenciais desde fevereiro e agora o programa está na fase de cadastramento com cerca de 200 propriedades. Ao final deste processo, com a aprovação das soluções de tecnologia pelos proprietários e policiais militares, chegara o momento de expandir o modelo para todo o Estado, de forma rápida e segura.
 
INTERATIVIDADE
 
As próximas fases do programa Segurança Rural serão integradas com dados de outros órgãos que auxiliam a proteção do homem do campo. A primeira reunião de integração foi realizada no ultimo dia 31 de março envolvendo além da Sesdec, a Secretaria de Agricultura – Seagri e Agência de Desenvolvimento e Agência de Defesa Sanitária Agrosilvopastoril – Idaron, visando a reunião de esforços para a aproximação do Estado ao homem do campo.
 
Para o Secretário da Sesdec, José Hélio Cysneiros Pachá, o governo está  inovando com tecnologia. “Nós vamos juntar forças para trabalhar com o mapeamento das ocorrências do campo. Junto com isso, está sendo desenvolvido um aplicativo, onde o produtor rural, tendo necessidade, pode acionar a viatura”, finalizou.
Direito ao esquecimento

Em qual desses quatro pré-candidatos você votaria se as eleições fossem hoje?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS