BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

BOA NOTÍCIA: Rondônia conquista cadeira na Câmara Setorial do Cacau no MAPA

"O momento é esse, é oportuno, e esses dois membros na Câmara do MAPA vão buscar condições necessárias para que os produtores possam investir, desenvolver e melhorar a qualidade de vida do homem do campo, que é a principal meta”

ASSESSORIA

12 de Junho de 2020 às 11:22

Atualizada em : 12 de Junho de 2020 às 16:48

Foto: Divulgação

 

O setor cacaueiro de Rondônia conquistou representação na Câmara Setorial do Cacau do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). O titular da cadeira ficou sendo o servidor da EMATER-RO, Francisco Hildemburg, mais conhecido como Chiquinho da EMATER, e o suplente será o Leandro Ezequiel Oliveira, técnico de campo da Assistência Técnica e Gerencial do Cacau oferecida pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Rondônia (ATeG Cacau SENAR-RO).

 
O convite veio da parte do presidente da Câmara Setorial do Cacau no MAPA. “Assumi recentemente a Câmara no MAPA e quero fortalecer o grupo. Para isso, estou buscando a participação de todos os estados que produzem cacau e Rondônia, que é um dos maiores produtores, não podia ficar de fora”, disse o presidente da Câmara no MAPA, Milton Andrade. Andrade fez o pedido ao presidente da Federação da Agricultura e Pecuária de Rondônia (FAPERON), Hélio Dias, que imediatamente proferiu as indicações com base nos trabalhos que Hildemburg e Leandro vêm desempenhando na atividade cacaueira.
 
“Rondônia está tendo um crescimento fora do normal, acreditamos que há, em média, de 25 a 30% de incremento de área plantada de cacau por ano. Então, o momento é esse, é oportuno, e esses dois membros na Câmara do MAPA vão buscar condições necessárias para que os produtores possam investir, desenvolver e melhorar a qualidade de vida do homem do campo, que é a principal meta” disse Chiquinho.
 
“Minha participação será voltada à representação do produtor rural. Sou técnico de campo do SENAR-RO e sou produtor rural também. Pretendo contribuir para que o olhar esteja sempre direcionado às dificuldades do campo, as dificuldades do produtor”, declarou Leandro Ezequiel.
 
Entre as pautas da próxima reunião da Câmara, que será no dia 17 de junho, está o cancelamento dos contratos de importação feitos previamente, visando fomentar maior compra do produto interno, já que está previsto para este ano uma supersafra, momento em que Rondônia deve saltar de terceiro para segundo lugar no ranking dos estados brasileiros que mais produzem cacau.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS