TRABALHO: Especialistas orientam sobre as atitudes para conseguir um emprego

Ter iniciativa e entrar em contato com o recrutador para confirmar se ele recebeu o currículo, é uma delas

TRABALHO: Especialistas orientam sobre as atitudes para conseguir um emprego

Foto: Divulgação

 
Para quem está desempregado o maior objetivo para 2022 é conseguir o tão sonhado emprego. E algumas atitudes como estar antenado nas vagas que surgem, correr atrás das oportunidades, ter um currículo com todas as informações requisitadas e se sair bem numa entrevista podem ser atrativos que podem aumentar a chance da conquista.
 
 
De acordo com Simone Jaime, psicóloga, assessora de carreira e professora nas pós-graduações de gestão de pessoas e psicologia no IPOG, alguns passos são fundamentais para conseguir um trabalho neste ano. E um ponto que não pode ser ignorado é o autoconhecimento.
 
 
“Se a pessoa conhece seu perfil. Suas principais competências técnicas e comportamentais, conhecidas como soft skills e hard skills tem maiores condições de conseguir um emprego que está coerente com as aptidões dela e assim trabalhar de forma mais produtiva e mais feliz”, declara. 
 
 
Além do autoconhecimento, para conseguir um trabalho em 2022 é importante estar atento às redes sociais. Hoje se divulga muitas vagas em plataformas, como por exemplo o linkedin, site da empresa e plataformas de vagas. 
 
 
Se a pessoa que está buscando emprego tiver uma expectativa de mandar currículo por e-mail e ficar esperando receber respostas, provavelmente esse não é o perfil de quem consegue uma chance. O perfil que conquista uma vaga é o que está sempre atrás das oportunidades.
 
 
E procura estar disponível em redes como linkedin, considerado o novo currículo. Então é bom se empenhar para estar sempre com perfil completo. Já que muitos recrutadores buscam talentos por essa rede social.
 
 
Eis que surgiu uma vaga, o que fazer? Vai ser necessário avaliar os pré-requisitos desta vaga com atenção para ver se realmente é o perfil que está querendo se candidatar. E só assim, mandar o currículo.
 
 
Para a psicóloga organizacional e pós-graduanda pelo IPOG em avaliação psicológica Ana Paula Viana, um bom currículo é algo que não se pode deixar de lado para quem pensa em conseguir um emprego.
 
 
“Primeiramente um currículo bem elaborado, que conste principalmente o tempo de permanência em cada experiência é muito importante. É muito comum recebermos currículo sem tempo de experiência”. Afirma. Se o currículo é porta de entrada para ser convocado numa entrevista, como prepará-lo para aumentar as chances? Aqui vai algumas dicas:
 
 
 
O currículo deve ser bem preenchido com as informações básicas, como dados pessoais completos, sem número de documentos. Não se coloca número de documento no currículo.  Não precisa de foto também.  
 
 
 
Objetivo claro, que é o nome da vaga que se está candidatando. Não existe objetivo genérico como: trabalhar nessa conceituada empresa. 
 
 
 
Vida acadêmica, com toda formação que a pessoa fez e experiências profissionais - da mais recente para a mais antiga. 
 
 
 
Experiências profissionais, informar o cargo ocupado, as atividades desempenhadas e o período de trabalho com mês e ano.
 
 
Um currículo deve ter no máximo 2 páginas. Não deixe informações faltando. E o mais importante: Ser verdadeiro e escrever somente aquilo que puder comprovar. 
 
 
Simone orienta que depois de se candidatar a uma vaga, é admirável ter iniciativa e entrar em contato com o recrutador para confirmar se ele recebeu o currículo. 
 
 
“Estabelecer um bom relacionamento com o recrutador pode ser um ótimo começo. Pode ser através do linkedin ou pelo contato da empresa que divulgou a vaga. Ligar ou mandar mensagem reforçando o interesse aumenta a probabilidade maior de ser chamado para uma entrevista”.
 
 
Fez todos os passos sugeridos e foi chamado para uma entrevista. E agora?  Para Ana Paula é Fundamental comparecer na entrevista de acordo com data e horário agendado pelo recrutador, “ainda é comum candidatos faltarem e não justificarem ou ainda, pedirem para ajustar data e horário de entrevista de acordo com disponibilidade do candidato”. E isso pode contar pontos a favor ou contra quem deseja um emprego.  
 
 
Os maiores erros durante uma entrevista é omitir alguma informação ou mentir sobre algo relevante. Nesse caso, a pessoa acaba tendo um comportamento que pode ser desagradável e o recrutador percebendo isso, nem sempre poderá dar uma nova oportunidade para que se corrija a falha.
 
 
Também a ansiedade em não controlar a insegurança, e por excesso de cautela não ser espontâneo. Outro erro comum é consumir conteúdos de como se preparar para uma entrevista e decorar o que tem que ser dito a ponto de fazer o processo ficar muito mecânico. Além de deixar de falar das suas principais habilidades e intenções na empresa
 
 
Durante a entrevista o que é mais observado pelos recrutadores são os requisitos da vaga. é importante que ele se prepare sabendo o que aquela oportunidade espera dele, quais as competências técnicas e comportamentais que ele possui para ressaltar no momento da entrevista.
 
 
Demonstrar ter vontade de aprender é um ponto de admiração para os recrutadores, um bom relacionamento, trabalho em equipe. O objetivo do recrutador é perceber a compatibilidade da pessoa com aquela vaga. Por isso é tão importante fazer uma análise desses pré-requisitos para se candidatar a uma vaga.
 
 
Quanto mais espontâneo melhor. Quanto mais sincero, mais honesto, maior vai ser o vínculo com o recrutador, que poderá encontrar algo que realmente esteja de acordo com o perfil. 
 
 
Para a assessora de carreira, um destaque que pode fazer a diferença é o brilho nos olhos. “Pois demonstra o quanto ele realmente quer e o quanto isso é verdadeiro. Por isso é importante demonstrar o quanto o candidato quer a vaga e gosta de trabalhar naquela atividade”. Relata Simone.
 
 
IPOG - Instituto de Pós Graduação 
Visite a sede na Av. Rio Madeira, 2759, Embratel, Porto Velho - RO ou www.ipog.edu.br 
Envie um e-mail para portovelho@ipog.edu.br
Instagram: @ipogportovelho
 
Direito ao esquecimento

Qual você acha que será o resultado do jogo entre Brasil e Suíça nesta segunda-feira (28)?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS DESTAQUES EMPRESARIAIS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS