BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

Sangue novo

COLUNA

13 de Março de 2020 às 08:35

Pouco menos de sete meses nos separam das eleições municipais. Soa salutar o esboço de possíveis candidaturas tanto para a prefeitura, como é o caso do desembargador Walter Waltenberg (que já requereu sua aposentadoria à presidência do Tribunal de Justiça de Rondônia), pelo MDB, quanto para a Câmara Municipal de Porto Velho, exemplo do advogado Valnei Cruz Rocha, que ingressou nas trincheiras do Partido Democrático Trabalhista – PDT, na manhã de quinta-feira (12), com as bênçãos do cacique da agremiação, senador Acir Gurgacz, e da deputada federal, Sílvia Cristina.

 

Não pretendo, com isso, invalidar a participação de políticos experientes em qualquer eleição. Afinal, o veredito sempre caberá ao eleitor, cada vez mais sábio do que se imagina, mesmo quando sua escolha recai sobre candidatos que, uma vez eleitos, transmudam-se e agem no sentido inverso daquele que seria licito esperar. Muitos foram os políticos que deram enorme contribuição à resolução da problemática portovelhense, como Jacob de Freitas Atallah, Chiquilito Erse, Amizael Gomes da Silva, Antonio Serpa do Amaral, dentre outros de memorável lembrança.

 

Causa satisfação, porém, saber que se especula a respeito de nomes que, por sua conduta moral e seu amor à causa pública, geram esperanças que, desde há muito, estão ausentes na vida politica local. É certo que as carcomidas estruturas partidárias, muito mais apegadas ao passado do que de olhos postos no futuro, representam um óbice à emergência de bons candidatos. Muitos que dominam as agremiações politicas não consideram, em geral, esse sinal positivo, pois temem perder o controle da máquina e, assim, comprometer (ou apenas dificultar) suas chegadas a outros postos.

 

O eleitor, porém, não é burro. Por isso, acolherá, seja para o Palácio Tancredo Neves, seja para a Câmara Municipal de Porto Velho, aqueles que se apresentarem limpos de vícios e ostentando resultados de sua passagem pelo poder, como também na vida pessoal e profissional.

 

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS