SÉRIO ISSO? Azul celebra índices de satisfação dos clientes, mas isola Rondônia

Companhia aérea conta com apenas uma rota diária para Belo Horizonte saindo de Porto Velho

SÉRIO ISSO? Azul celebra índices de satisfação dos clientes, mas isola Rondônia

Foto: Site Aeroin

Parece até piada, mas a Azul Linhas Aéreas divulgou e celebrou “os melhores índices de solução e satisfação do cliente pelo 3º ano consecutivo”, segundo levantamento feito pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), baseado no número de reclamações registradas na plataforma consumidor.gov.br.

 

Segundo divulgação da companhia e da própria ANAC, “a aérea encerrou o ano de 2023 com o melhor resultado em três dos quatro índices de avaliação do Boletim ANAC Consumidor”.

 

Porém, essa mesma empresa, sistematicamente, tem adotado medidas para isolar os rondonienses, com práticas de preços de passagens aéreas nas alturas, até mais caras do que voos internacionais, inclusive em classe executiva. Hoje, a Azul conta com apenas uma rota diária saindo de Porto Velho, rumo ao Aeroporto de Confins, em Belo Horizonte (MG), para exaustivas conexões.

 

A Azul é uma das principais responsáveis por deixar os consumidores rondonienses cada vez mais isolados, sem opções de sair do Estado. A empresa alega um alto número de processos judiciais para a retirada de voos e desencoraja os passageiros a não buscarem seus direitos.

 

“A mais recente pesquisa divulgada pelo órgão mostra que a Azul é a empresa com menor número de reclamações (67,3) a cada 100 mil passageiros. Além disso, a companhia registrou os melhores índices de solução por empresas (91,1%) e de satisfação dos Clientes, média de 4,2, de um total de 5”, diz uma reportagem institucional da Azul Linhas Aéreas.

 

Já os organizadores de um abaixo-assinado, que deverá ser encaminhado para autoridades federais e órgãos ligados à defesa do consumidor, incluindo a própria ANAC, não acreditam que, em meio a tantas notícias ruins para Rondônia, a agência celebre supostas melhorias.

 

“A ANAC foi criada para conciliar o interesse público com o das empresas, conforme o artigo 8º da Lei federal n° 8.112/2005, que cria a agência. Enquanto a ‘reguladora’ comemora supostas melhorias, Rondônia vive um caos aéreo. E, já que estamos sem voos, vamos fazer esse manifesto ganhar ASAS e VOAR para incomodar quem tem o dever legal de agir. Vamos todos nos mobilizar e convidar amigos e familiares, de todo o Brasil e do mundo”, reforça um comunicado na petição que segue na internet.

 

 

Registros

 

Um dos criadores do manifesto ainda completa: “Os rondonienses, insatisfeitos com as retiradas de voos, atrasos, cancelamentos e até mesmo o alto número de conexões precisam ‘encher’ os canais de atendimento ao consumidor como o Reclame Aqui (reclameaqui.com.br), ANAC (gov.br/anac), consumidor.gov (consumidor.gov.br) e Procon de Rondônia (procon.ro.gov.br)”, observou ele.

 

Quem quiser participar do abaixo-assinado de protesto contra o caos e o isolamento aéreo que Rondônia vive há quase um ano, basta CLICAR AQUI. Quem não reclama, é porque está satisfeito. Você está?

Direito ao esquecimento
Como você classifica a gestão de Cleiton Cheregatto em Novo Horizonte do Oeste?
Quem é mais culpado pelas enchentes em Porto Velho?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

CLASSIFICADOS veja mais

EMPREGOS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

DESTAQUES EMPRESARIAIS

EVENTOS