OFERTA: Aumentam número de voos de Rondônia para outras capitais do país

Segundo empresa, houve inclusão da rota Porto Velho – Manaus e reforço para Brasília

OFERTA: Aumentam número de voos de Rondônia para outras capitais do país

Foto: Divulgação

Em agosto deste ano, a oferta doméstica de assentos da Latam em Rondônia já é 16% maior comparada com o mesmo mês do ano passado. No estado, a empresa destaca a inclusão da rota Porto Velho-Manaus (3 voos semanais), além do fortalecimento do voo Porto Velho-Brasília (de 4 para 7 voos semanais).

 

De acordo com a Latam, a retomada e o crescimento no mercado doméstico brasileiro têm sido provocada pela inauguração de novos destinos e a permanência de quase 3 mil voos extras incluídos durante a alta temporada (julho de 2022) para atender a retomada da demanda por viagens aéreas.

 

Segundo a companhia, atualmente é o seu maior número de destinos domésticos da história, com operações para 54 localidades.

 

Detalhes

 

O número de voos registrados no Aeroporto Jorge Teixeira foi de 4.142 decolagens no segundo trimestre de 2022, o que representa um aumento de 91% quando comparado ao mesmo período do ano passado. Se for levado em conta o período pré-pandemia, o crescimento é ainda maior, pois o terminal registrou um crescimento de 92% em relação ao ano de 2019.

 

No acumulado do ano, o terminal aeroportuário da capital rondoniense contabilizou 7.279 voos, o que representa um aumento de 67% comparado ao mesmo período de 2021 e de 56% em relação a 2019, período antes da pandemia.

 

Quanto ao número de passageiros, aos poucos o quantitativo está retomando o patamar do período pré-pandemia, já atingindo 97,9% do número de passageiros de 2019. No segundo trimestre de 2022, o Porto Velho Airport movimentou cerca de 170 mil passageiros, um aumento de 33% em relação ao mesmo período de 2021.

 

Movimento no Aeroporto de Porto Velho já é quase igual ao período pré-pandemia em 2019 - Foto: Divulgação/Porto Velho Airport

 

Nos seis primeiros meses de 2022, circularam 376 mil passageiros, o que significa um crescimento de 35% na rotatividade de clientes pelo terminal quando comparado ao primeiro semestre de 2021.

 

De acordo com a CEO da Aeroportos da Amazônia, Karen Strougo, os dados demonstram a retomada da confiança do consumidor pela busca por passagens e refletem os esforços empreendidos na recomposição da malha aérea, afetada durante o período da pandemia.

 

“Vários fatores, inclusive, têm colaborado para o aquecimento do mercado. A retomada da economia no Brasil tem incentivado a busca pela aquisição de passagens aéreas pelo consumidor. Igualmente, as companhias aéreas estão otimistas com o novo cenário, prova disso é que em Porto Velho, o número de voos tem crescido consideravelmente a cada período do ano”, analisa ela.

 

País

 

As companhias aéreas ofertaram 8,5 milhões de assentos em voos domésticos em junho de 2022. O número representa um crescimento de 0,5% em relação ao mesmo período de 2019, último ano antes da pandemia. Em relação a 2021, o aumento foi de 45,8%. Os dados são da ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil).

 

Apesar do aumento, o número de passageiros transportados caiu para 13,2% em junho de 2022 comparado ao mesmo período de 2021, quando o país transportou 6 milhões de passageiros. A ocupação nos aviões também diminuiu em 7,6%.

 

Número de passageiros transportados ainda é menor do que o período pré-pandemia no restante do país, segundo números da ANAC - Foto: Sérgio Lima/Poder 360

 

Entretanto, a demanda de passageiros, medida por passageiros-quilômetros pagos (ASK, em inglês) transportados, apresentou queda de 7,1% em relação a junho de 2019. Em relação ao mesmo período de 2021 o indicador cresceu 36,2%.

 

Já o mercado internacional vem apresentando dificuldades em relação à retomada de crescimento. A oferta de assentos apresentou baixa de 32,6% em relação às de junho de 2019 e a demanda por voos foi 31,2% menor.

 

A empresa que mais transportou passageiros no mercado doméstico foi a Latam, com 34,9% de participação no mercado. Em seguida está Azul (32,7%) e Gol (32,1%).

Direito ao esquecimento

Você assiste programa eleitoral na televisão?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS