ROTAS: Latam vai ampliar em 10% sua capacidade no Norte do Brasil

A volta da demanda por viagens aéreas de Turismo e de negócios é um dos fatores para o crescimento da malha aérea na região Norte

ROTAS: Latam vai ampliar em 10% sua capacidade no Norte do Brasil

Foto: Divulgação

A capacidade da Latam na região Norte do Brasil deve crescer 10% em agosto de 2022 na comparação com o período anterior à pandemia de covid-19 (agosto de 2019). Ao todo, a aérea já opera 160 voos semanais em oito cidades da região, conectada pela empresa com mais 46 destinos no Brasil e outros 20 no Exterior (a partir de conexões em Fortaleza ou Guarulhos).
 
O crescimento da malha aérea na região Norte, segundo informam os gestores da companhia, reflete o recente ganho de eficiência operacional da empresa e investimentos onde há demanda potencial para aumento de voos e da conectividade.
 
De acordo com a diretora de Vendas e Marketing da Latam Brasil, Aline Mafra, a volta da demanda por viagens aéreas de Turismo e de negócios é um dos fatores para o crescimento da malha aérea na região Norte.
 
"O avanço da vacinação contra a covid-19 e o fim das restrições sanitárias também deram mais confiança para os passageiros", explica.
 
Atualmente, a Latam opera as seguintes rotas na região Norte: Belém-Brasília (10 voos semanais); Belém-Fortaleza (oito voos semanais); Belém-São Paulo/Guarulhos (27 voos semanais); Belém-Manaus (três voos semanais); Belém-Macapá (quatro voos semanais); Brasília-Boa Vista (sete voos semanais); Brasília-Marabá (sete voos semanais); Brasília-Manaus (12 voos semanais); Brasília-Macapá (sete voos semanais); Brasília-Porto Velho (sete voos semanais); Brasília-Rio Branco (sete voos semanais); Brasília-Santarém (cinco voos semanais); Fortaleza-Manaus (10 voos semanais); São Paulo/Guarulhos-Manaus (26 voos semanais); São Paulo/Guarulhos-Porto Velho (seis voos semanais); São Paulo/Guarulhos-Rio Branco (sete voos semanais); e Manaus-Porto Velho (três voos semanais).
 
Neste ano, a empresa alcançou a marca de 54 destinos brasileiros, um recorde na sua história no País e que supera com vantagem os 44 destinos atendidos antes da pandemia de covid-19 (agosto de 2019). Na operação internacional, a companhia já restabeleceu voos do Brasil para 20 destinos no exterior.
 
São eles: Assunção, Barcelona, Bogotá, Buenos Aires/Aeroparque, Buenos Aires/Ezeiza, Cidade do México, Frankfurt, Lima, Lisboa, Londres, Madri, Mendoza, Miami, Milão, Montevidéu, Nova York, Orlando, Paris, Santiago e Roma (reinaugurado em julho). Em outubro, a companhia vai voltar a voar para Boston.
 
LATAM LIDERA RETOMADA NOS ÚLTIMOS 12 MESES
 
A Latam é a companhia aérea que responde pela maior oferta de assentos (35% do ASK) e pela maior participação de mercado (35% de RPK) no mercado doméstico brasileiro. É isso que apontam os dados acumulados da Anac para o período entre julho de 2021 e junho de 2022.
 
Somente em junho deste ano, a aérea recuperou 101,7% da sua oferta doméstica de assentos (ASK) no Brasil, na comparação com o mesmo mês de 2019 (antes da pandemia de covid-19), de acordo com os números divulgados pela própria Latam.
 
No mesmo mês, a empresa também registrou uma taxa de ocupação de 73,7% em seus voos domésticos no Brasil, transportando mais de 2 milhões de passageiros em cerca de 540 voos por dia.
Direito ao esquecimento

Você já decidiu em quem votar para deputado(a) estadual, federal, senador(a) e presidente?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Clinica Maestria LTDA

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS