BEM VINDOS: Brasileiros vacinados já podem entrar na Alemanha

Alemanha passará a aceitar brasileiros vacinados

BEM VINDOS: Brasileiros vacinados já podem entrar na Alemanha

Foto: Divulgação

Mais um país europeu está abrindo as portas para os turistas brasileiros. A partir do próximo domingo (22), as pessoas com vacinação completa contra a Covid-19 e que foram imunizadas com uma das vacinas listadas no site do Paul-Ehrlich-Instituts (PEI) , em princípio, poderão novamente viajar do Brasil para a Alemanha. As vacinas listadas são Pfizer, Aztra Zeneca, Moderna e Janssen. A Coronavac, aplicada no Brasil, segue em análise.
 
Caso já tenham se passado no mínimo 14 dias da data da última dose da vacina ou da dose única, essas pessoas deverão realizar o registro digital de entrada e apresentar o comprovante de vacinação. O comprovante poderá ser exigido pela Polícia Federal alemã ou pela autoridade competente no momento do controle de fronteira.
 
Passageiros que viajarem de avião devem apresentar os comprovantes à companhia aérea antes do início da viagem.
 
O país poderá incluir em breve novas vacinas na lista. A nota oficial afirma que uma ampliação abrangendo outras vacinas com um padrão de proteção comparável está prevista assim que os testes necessários forem concluídos.
 
Para ingressar no País, o visitante deverá apresentar um Certificado COVID Digital UE ou um comprovante similar digital ou em papel nos idiomas alemão, inglês, francês, italiano ou espanhol.
 
O comprovante deverá conter os dados pessoais da pessoa vacinada (sobrenome, nome e data de nascimento); data da vacinação e número de doses aplicadas; nome da vacina aplicada; nome da doença alvo da vacina; e indicadores da pessoa ou instituição responsável pela realização da vacinação ou pela emissão do certificado, por exemplo, um símbolo oficial ou o nome do emissor.
 
No caso dos menores de 12 anos que ainda não foram vacinadas, será exigido um teste negativo (PCR ou de antígeno) acompanhadas de pelo menos um dos pais totalmente vacinado.
 
Pessoas que ainda não completaram seis anos de idade não precisam apresentar um comprovante de teste.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS