BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

NOVO CORONAVÍRUS: Mais de 8,5 mil aeronaves comerciais seguem fora de operação no mundo

De acordo com a OAG, a demanda por viagens não está se recuperando tão rapidamente

MERCADO E EVENTOS

25 de Agosto de 2020 às 15:44

Foto: Divulgação

 

MERCADO E EVENTOS - Cerca de 8,6 mil aeronaves comerciais de passageiros (um terço da frota global) seguem sem operar neste mês de agosto, período normalmente movimentado por conta da alta temporada de férias de verão do hemisfério norte, revelam dados da Cirium. O número está diretamente ligado à pandemia do novo coronavírus (Covid-19), que desde o primeiro trimestre vem derrubando a demanda e obrigando países a impor restrições.

 

https _s3-ap-northeast-1.amazonaws.com_psh-ex-ftnikkei-3937bb4_images__aliases_articleimage_2_9_4_8_28948492-1-eng-GB_number-of-airplanes-around-the-world (1)

 

No Roswell International Air Center, por exemplo, em New Mexico (EUA), conhecido como “cemitério das aeronaves”, cerca de 383 aeronaves estavam estacionadas até a semana passada, número bem diferente das 103 unidades que estavam paradas no espaço no começo do ano. Muitas companhias aéreas dos Estados Unidos seguem “guardando” seus B737 e B777 em Roswell por taxas que variam de US$ 10 a US$ 14 por dia.
 
Por outro lado, de acordo com a OAG, a demanda por viagens não está se recuperando tão rapidamente. Dados mostram que na Europa, onde as restrições começaram a ser amenizadas, o número de voos internacionais realizados na terceira semana de agosto ainda era cerca de 60% menor do que o volume operado no mesmo período de 2019. Encomendas para novas aeronaves também estão diminuindo: mais de 500 pedidos de jatos de Boeing e Airbus já foram cancelados desde março.
 
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS